Trafegar pela Rodovia Belém-Brasília ainda impossível. Dnit tenta recuperar o tráfego cortado em Ipixuna

Publicado em 17 de fevereiro de 2021

(Imagem Polícia Rodoviária Federal)

O tráfego continua totalmente interditado na cabeceira da ponte de Ipixuna do Pará, que cedeu após uma enxurrada na última segunda-feira (16). Na manhã desta quarta-feira (17), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) está operando com seu maquinário com o objetivo de, primeiro, repor a cabeceira.

Um caminhão com o material que será utilizado na obra chegou cedo no local nesta quarta-feira. As informações foram divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal. Posteriormente, serão construídos desvios ao longo da BR-010, para, assim, concentrar esforços na recuperação do trecho da pista de rolamento com pavimento destruído, cujo volume de água ainda impede qualquer tipo de intervenção.

O rompimento da pista, que ocorreu na segunda-feira (16), foi causado pelo transbordamento de um igarapé no km 210 da BR 010 (Belém-Brasília). A cratera mede cerca de 8 metros de extensão de uma margem à outra.

As vias estão sinalizadas com banners de orientação da PM. Para os municípios de Dom Eliseu, Rondon do Pará e Ulianópolis, no sudeste paraense, o acesso pode ser realizado pelas BR-222 e BR-010, até Paragominas. Já quem trafega para Santa Maria do Pará, São Miguel do Guamá, Aurora do Pará e Mãe do Rio deve utilizar a PA-150 como alternativa.

Desde Castanhal, os veículos pesados que tenham como destino municípios próximos ao trecho interditado são orientados a seguirem pela BR-010. Caminhoneiros que seguem para outros estados devem utilizar a BR-316 e desviar na BR-222, em Zé Doca, no Maranhão. O Batalhão Rodoviário também atua nas PAs 140, 256, 252 e cabeceira da balsa do Acará. Outras ações desenvolvidas pelos Comandos de Policiamento Regionais incluem desvio de veículos pesados em Dom Eliseu para a BR-222; apoio à Defesa Civil em Ipixuna; montagem de barreira no Distrito de Morada Nova; fortalecimento do policiamento rodoviário na PA-150 entre Nova Ipixuna, Jacundá,  Goianésia e Tailândia.

O policiamento rodoviário foi reforçado ainda entre o trecho de Tailândia, Travessão do Alto Acará, Moju, Trevos de Igarapé-Miri, Abaetetuba, Barcarena e Alça Viária. A fiscalização de trânsito também ocorre em Santa Maria do Pará e São Miguel do Guamá

Governo do Estado entregará, nesta quarta, cestas básicas e colchões a desabrigados

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil  informaram que foram acionados para atender as ocorrências sobre a enxurrada em Ipixuna. A ponte na BR-010, KM 210, foi levada pela forte correnteza.  Os serviços da Coordenadoria de Defesa Civil já estão sendo realizados para dar suporte para cerca de 800 desabrigados e 1520 desalojados. E o Governo do Estado entregará , nesta quarta-feira (17), 950 cestas básicas, 3.700 colchões e água mineral para as famílias atingidas no município. Equipes da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Cohab e Defesa Civil também serão enviadas a Ipixuna do Pará.  (O Liberal)