Hiroshi Bogéa On line

Todos os homens ( e mulheres) do prefeito

O poster tirou 15 dias de “férias” e ganhou o mundo, desligando-se de quase tudo.

Quase.

Não dava pra isolar-se completamente. Afinal, o blog e a coluna do Diário precisam  continuar vivos. O blog, aliás, teve atualização esporádica, sem muitas emoções.

No retorno a Marabá, bastou zanzar algumas horas na sexta-feira, 9, para captar o sentimento entre formadores de opinião.

As nomeações de dois secretários oriundos do Estado do Tocantins (Secretarias de Gestão Tributária e Captação de Recursos,  Omar Antonio Hennemann; e Planejamento, Glênio de Oliveira),  e a manutenção de auxiliares remanescentes da gestão do antecessor Sebastião Miranda (PTB), estão valendo pesadas críticas ao  prefeito de Marabá, Maurino Magalhães (PR). 

As rejeições partem, principalmente, de pessoas participantes ativas da campanha do novo administrador.

A seguir, usando expressão do gosto da Alcinéa,  gitinhas (pequenas notas) do que o blogger anotou,  conversando aqui e ali.

Clonagem

A insatisfação é generalizada nos arraiais maurinistas.  A cara do seu governo até agora é composta por dois secretários vindos de Palmas e vários que participavam da equipe do ex-prefeito Tião Miranda.

O retorno

A última “aquisição” é a entrada no governo de Pedro Correia, vice na chapa de João Salame (PPS) na disputa pela prefeitura, que vai assumir o comando do setor administrativo e financeiro da secretaria de Obras, onde continua o secretário Lucídio Colinetti.

Os homens de Tião

Maurino manteve nos cargos os secretários de Finanças (Pedro Freitas), Administração (José Nilton), Meio Ambiente (José Scherer), Ipasemar (Karam el Hajjar) e Fundação Casa da Cultura (Noé Von Atzingen). João Rodrigues, que era secretaria de Desenvolvimento Urbano, passou a ser adjunto na mesma secretaria. 

Choros e velas

Semana passada em Belém, reuniu-se um grupo de insatisfeitos com os rumos do governo Maurino. A deputada Suleima Pegado (PSDB) está à frente da articulação. Participaram do “muro das lamentações” o pecuarista Diogo Naves, o pastor Vladimir e sua esposa e o ex-vereador Raimundo Nonato. Na reunião críticas generalizadas à nomeação dos secretários de Palmas e à manutenção dos secretários ligados a Tião Miranda. 

Olha o Dilúvio aí, gente!

Além de exigir uma secretaria para Raimundo Nonato (Agricultura),  deputada Suleima Pegado, como uma profetiza do apocalipse, está prevendo uma enchente de proporções fenomenais em Marabá este ano. E propõe a nomeação imediata de seu filho, Daniel Pegado, que era vereador em Belém e sequer apresentou sua candidatura a reeleição, para assumir a chefia da Defesa Civil em Marabá. Na realidade, a deputada gostaria que seu filho tivesse sido nomeado para a secretaria de Planejamento. 

Grana

Quanto ao aproveitamento de Diogo Naves, ex-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá,  e do pastor Vlad, comenta-se nos bastidores que a resistência do prefeito Maurino Magalhães a contemplar os dois tem a ver com arrecadação de campanha. Digamos que os dois foram bastante “operosos” na tarefa, mas o resultado final não agradou ao prefeito eleito. 

Temor

A continuar assim, o temor de alguns correligionários de Maurino é que o professor Nei Calandrini, eleito pelo voto direto dos educadores,  não dê certo na secretaria municipal de Educação e o novo gestor se veja tentado a convidar a professora Kátia Américo para voltar ao cargo, de onde saiu execrada pela comunidade acadêmica. 

Rusgas 

Aliás, é certo que Ney Calandrini tomou a iniciativa de nomear diretores na Semed sem consultar o prefeito, que tornou sem efeito a medida. Eleito pelo voto da comunidade escolar, até quando Calandrini vai recuar quando suas decisões não forem aceitas pelo gestor? Eleito pelo voto popular da maioria, até quando Maurino vai suportar decisões que lhe desagradem na área educacional?

Post de 

14 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    12 de janeiro de 2009 - 20:17 - 20:17
    Reply

    2:34 PM, na “boa” porque meus comentaristas são educados. Tem uns poucos mais exaltados que deleto. Mas isso faz parte, sim.
    Um abraço e obrigado.

  2. Anonymous

    12 de janeiro de 2009 - 17:34 - 17:34
    Reply

    Hiro, como lidar com tantos desabafos??? rsrsrsr Você é talentoso mesmo!!!está no epicentro do tremor , surfando acima da tempestade. Na moral rsrsrsrsr

  3. Anonymous

    12 de janeiro de 2009 - 13:31 - 13:31
    Reply

    Basta lembrar que o Lula quando assumiu a presidencia tambem estava perdido, bastou ter tempo e se familiarizar com a presidencia que o governou começou a engrenar. Precisamos lembrar que nenhum secretário é vitalício, e mudanças podem ser constantes.
    Abs

  4. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 19:27 - 19:27
    Reply

    Hiroshi,ou o Maurino se faz de bobo,ou bobo somos todos nós,no regime democratico,criticas sempre haverâo de ter,é preciso saber discernir o azeite da agua,ele conseguiu um feito brilhante,nao apresentou um projeto de dar novos ares a Marabá,e conseguiu maioria absoluta da populaçao,que ele aproveite bem este momento,cavalo selado nao costuma passar além de uma vez

  5. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 18:07 - 18:07
    Reply

    Hiroshi, acho que seria melhor o Maurino nomear logo o Tião (bae) Miranda como Secretário Executivo da prefeitura, ao invés de ficar nomeando seus prepostos para as diversas secretarias…..

  6. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 18:05 - 18:05
    Reply

    Grande aquisição foi o prefeito Anuar. Contratou Sebastião Almeida responsavel pelos orçamentos, plano diretor, leis diversas e prestação de contas de marabá.
    O secretario de planejamento de marabá Glenio ficou impressionado com o seu trabalho olhando os arquivos em seu PC. Achou que em marabá não tinha pessoa tão qualificada para tal e entrou em contato com ele para contratá-lo de qualquer maneira. Até Italo entrou na negociação – dançaram. Apesar de este Glenio se dizer competente não tem respaldo com os vereadores e nao conhece a realidade de marabá como o “arquivo vivo” Sebastião Almeida -novo secretario de planejamento do governo Anuar. Parabens Anuar.Os caras são lentos.

  7. gilmar ribeiro

    10 de janeiro de 2009 - 17:59 - 17:59
    Reply

    Gente esqueçam Tiao Miranda. Este só vai receber tapinha nas costas quando for pra orla e o vento soprar nelas.
    Para com isto.Somos marabaenses e temos claro que zelar por nossa cidade. Deixa,como hiroshi disse, seis meses de trabalho pro prefeito maurino. Eu, que estou surpreso como vcs, com todas essas permanencias e mudanças vamos dar um tempo e deixá-lo trabalhar.
    O problema é que teve empresário burro de marabá que não acreditou no maurino e abriu espaço para outros. A culpa é dos empresários. Se maurino tem compromisso é com quem ajudou ele de verdade e não aqueles que deram migalhas e estavam no muro.
    Quanto aos secretarios de “fora”; para que pior que os do Tiao: Zoran- de outro pais Bosnia, Karan- do raio q o parta,Lucidio- de SP,Pedrinho saude- Castanhal,Nilton-Paraiba administração, Alexandre – nao é de marabá – Fazenda, Múcio Andalecio – MG; fora a empresa de MG que ficava na tributação.
    Vamos ter calma. Se a canoa virar daqui 4 anos muda ou é cassado.
    abraços,

  8. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 16:58 - 16:58
    Reply

    Seria interessante para a sociedade que fossem divulgados os nomes dos “servidores” “demitidos” (não concursados)cujos colegas de trabalho nunca tiveram o prazer de desfrutar da convivência, já que recebiam sem trabalhar, contanto com a omissão, claro, de diversas outras pessoas, desde o chefe imediato aos “superiores”.

  9. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 16:26 - 16:26
    Reply

    Vocês num sabem de nada..vai mudar tudo na prefeitura…. so vai ficar os concursador.. o maurino prmeteu emprego pra todos os que votaram nele….e consequetemente vai sair todo mundo pra dar vagas ao novos… conheço muito bem meu tio Maurino ele falou no almoço domingo la em casa que vai tirar todos principamente os mais corruptos… ele falou ainda que vai dar uma esperança pro Secretaio de Obras… Mas nu momento certo irá derrubalo do cavalo!!!Palavras dele!!!

  10. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 15:34 - 15:34
    Reply

    Há mudança significativa na estrutura de poder em Marabá. Tião Miranda achava que era Deus. Maurino tem certeza que é Deus. Nós não merecemos tanta arrogância.

  11. Hiroshi Bogéa

    10 de janeiro de 2009 - 15:01 - 15:01
    Reply

    Zé Manoel e 9:45 AM, todo início de governo de um primeiro mandato é carregado de tensões, nomeações muitas vezes equivocadas, insatisfações entre aqueles que ajudaram a eleger o prefeito e assim por diante. Eu, particularmente, não me posicionarei de forma crítica a atual gestão enquanto Maurino não completar seis meses de mandato. É o tempo que ele precisa para começar a mostrar para o que foi eleito. De repente, essas nomeações aí podem surpreender positivamente.
    Vamos ver o trabalho do homem.
    Um abs

  12. Hiroshi Bogéa

    10 de janeiro de 2009 - 14:53 - 14:53
    Reply

    Zé Manoel auto-intitula, agora, fica assim: autointitula.

    Ou seja: não se usa o hífen quando o prefixo (AUTO) termina em vogal diferente da vogal – O – com que se inicia o segundo elemento (INTITULA)- I.
    Abs

  13. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 12:45 - 12:45
    Reply

    Hiroshi, nesse inicio de governo o nosso prefeito Maurino Magalhães vem desagradando a todos, ou quase todos. Quem deve estar satisfeito é o ex-prefeito Tião Miranda, que teve a maior parte de sua equipe mantida no governo de Maurino, apesar desse ter sido, como todos sabem, eleito pela oposição e pregando mudanças.
    Até a deputada Suleima Pegado que teve votos aqui cambalados por Maurino dois anos atrás, se arvora no direito de reividicar secretaria para o filho que também, como a mãe, nem aqui mora.
    E nós que aqui moramos, trabalhamos, pagamos impostos, votamos e criamos nossos filhos, vemos os ‘estrangeiros’ tomarem nossas vagas, mesmo com curso superiores e pós-graduação. E isso porque o Maurino disse que sua equipe seria formada por técnicos, aí eu volto a perguntar, o Pedro das finanças, é técnico em quê? O Karan, o Regi,etc.
    Outra coisa, o Maurino começou brigando com metade dos vereadores, que falta de diálogo, é esse, logo ele que foi vereador por vinte anos. Acho que está faltando reflexão, cadê a humildade tão apregoada? Alguém precisa chegar perto desse homem para analisar com ele essas causa, senão em pouco tempo a vaca vai pro brejo.

  14. Anonymous

    10 de janeiro de 2009 - 12:34 - 12:34
    Reply

    Prezado Hiroshi, quando se auto-intitula (com ou sem hífen), um “enviado de Deus”, o componente autoritário é certo. Creio que Maurino Magalhães ainda vai dar muito o que falar. O tipo “brutamontes” de Tião Miranda vai criar saudades, logo, logo. Espere e verá.
    zé manoel

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *