Tocantins em 5 tempos

Publicado em 30 de abril de 2007

Semana passada o Estado do Tocantins completou 18 anos.
Na manhã deste domingo (29), o senador Leomar Quintanilha (PMDB), um dos expoentes da briga pela divisão do Goiás, retornou às diversas ligações telefônicas feitas por este poster na tentativa de registrar a visão dele sobre o processo de emancipação. Algumas considerações do senador:

1- A região do Tocantins antes de se tornar um estado, era responsável por apenas 4% da arrecadação do estado de Goiás. Ele também citou os casos do Distrito Federal e Mato Grosso do Sul como exemplos de que a redivisão territorial é benéfica para todos.

2- A redivisão territorial do Brasil é imperativa e inadiável. Ele assinalou que a ausência do governo em regiões remotas faz a população sofrer muito por carências básicas e que a criação de novos estados permitiria a participação dessas regiões no desenvolvimento econômico do país.

3- Quintanilha citou o exemplo de Tocantins, que em 2006 conseguiu exportar US$ 158,691 milhões em produtos agropecuários, com destaque para soja, arroz, milho e o chamado “boi verde”.

4- O estado consome apenas pouco mais de 10% da energia elétrica que produz (Barragem de Lageado) tornando-se um exportador nessa área também e atraindo bilhões de reais em investimentos.

5- Em 2007, o estado comemora seu 18º aniversário com mais de seis mil quilômetros de estradas pavimentadas, universalização da educação e da saúde e a continuação das obra da ferrovia Norte-Sul.