“Teste de linguinha” será obrigatório

Publicado em 17 de novembro de 2014

resize_1383158027

A partir do dia 20 de dezembro deste ano, hospitais públicos e privados e todas as maternidades do País serão obrigados a fazer o “teste da linguinha” em recém-nascidos a fim de identificar malformações que possam causar dificuldades na fala, sucção, deglutição e mastigação. Essa exigência está prevista na Lei 13.002/2014, chamada de   Protocolo de Avaliação do Frênulo da Língua em Bebês, já em vigor.

Um problema, porém, pode dificultar a aplicação da lei: o “teste da linguinha” ainda não foi incorporado ao Sistema Único de Saúde (SUS) e, no Pará, a Secretaria de Estado de Saúde estuda forma de como proceder o exame, sobretudo no interior do Estado.

A finalidade do teste é verificar se é preciso cirurgia para corrigir irregularidades no frênulo lingual, estrutura que liga a parte inferior da língua à boca.