Hiroshi Bogéa On line

Tesoura volta à cena

Juíza censura Quinta Emenda.

Olha essa aí:

Cumprindo liminar deferida pela juíza da 3ª Vara Cível da capital, dra. Teresinha Moura, em ação movida por Elias Sefer e outros, o blog informa aos seus leitores que retirou dos arquivos algunsposts referentes ao caso Sefer.O poster vai levar a papelada aos seus advogados.Até mais tarde.
Com o poster não sabe quais posts foram retirados pelo Juvêncio, aguarda-se maiores esclarecimentos. Só que o estrago já está feito.

Diante de tantos fatos expostos publicamente, uma juíza determinar a retirada de notas que reproduziram o dia a dia de uma CPI, com seus desdobramentos nefastos a sociedade e a todos, é no mínimo gesto de inconformismo com a liberdade de informação.

Mais uma razão pra se aceitar a máxima que circula em Belém dando conta de que a força da família Seffer é capaz de tudo.

Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    14 de abril de 2009 - 17:08 - 17:08
    Reply

    HIROSHI, A SAÚDE EM AMARBÁ ESTÁ UM CAOS E MERECE ATENÇÃO DAS AUTORIDADES. SOUBE DA BOCA DE UM FUNCIONÁRIO DE POSTO QUE A QUANTIDADE DE MEDICAMENTO DISPONIBILIZADA AOS POSTOS FOI REDUZIDA E MUITO. TEVE REMÉDIO QUE CAIU DE 3.000 PARA 500 A QUANTIDADE. ALÉM DISSO, COMENTA-SE NOS BASTIDORES QUE O VOLUME DECLARADO EM DOCUMENTOS É OUTRO, FATO QUE ESTARIA CONTRARIANDO ALGUNS SERVIDORES QUE TEM MEDO DE DENUNCIAR POR CAUSA DA PRESSÃO DO SECRETÁRIO DE SAÚDE.ACHO QUE O ASSUNTO MERECE ATENÇÃO E INVESTIGAÇÃO POR PARTE DAS AUTORIDADES.

  2. Anonymous

    14 de abril de 2009 - 13:41 - 13:41
    Reply

    Mas o que esse pedófilo sem vergonha merece é muito mais do que xingamento. Merece ir parar no xilindró e virar mulherzinha no meio dos outros detentos. E quem defende bandido merece o mesmo.

  3. Juvencio de Arruda

    14 de abril de 2009 - 12:02 - 12:02
    Reply

    PatifeS.

  4. Juvencio de Arruda

    14 de abril de 2009 - 02:12 - 2:12
    Reply

    Patife!

  5. Anonymous

    14 de abril de 2009 - 01:59 - 1:59
    Reply

    Blogger, se bem entendi você está duvidando da isenção da magistrada ao proferir o despacho?
    Será mesmo que existe essa tal teoria da conspiração que você trata ou simplesmente a família Seffer tinha direito à decisão?
    Liberdade de expressão não pode ser confundida com liberdade para xingar, e pelo que li do despacho foi exatamente isso o que o Juvencio fez…

  6. Anonymous

    14 de abril de 2009 - 00:32 - 0:32
    Reply

    Que garantias se tem que o que estava postado era informação correta?, ou será que o que vocês escrevem é Lei e pronto!!!, censurar a Juiza, poode. Censurar vocês é ferir a liberdade de expressão. Assim é sopa no mel. Ou não????

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *