Hiroshi Bogéa On line

Terceiro jornal pode sentar praça em Belém

 

 

Procedimentos discretos, inicialmente, deram lugar a contatos  diretos com personalidades de influência de  Belém.

A mexida prevê a consumação de projeto de implantação de um grande jornal na capital do Pará, com estimativa de se tornar realidade, a partir de 2012.

Por trás da investida de avantajada aplicação financeira  está um grupo  de Macapá.

O projeto é audacioso e estima bater de frente com os dois tradicionais jornais – O Liberal e Diário do Pará -, objetivando abocanhar parte significativa do mercado  editorial paraense.

Até gente importante da política nacional anda mexendo os pauzinhos, para facilitar a chegada do grupo em Belém.

Post de 

5 Comentários

  1. Jorge Taiguara

    23 de novembro de 2011 - 21:21 - 21:21
    Reply

    Será muito bem-vindo ao Estado do Pará, mais um veículo de comunicação de massa. Sobretudo se for um veículo independente, que informe informando, ao contrário do que ocorre com os veículos hoje tidos como lideres de público, que informam desinformando.
    Se o novo jornal vier sem a atual caracteristica paroquial, que pontua os dois maiores jonais do estado, e que hoje em dia para sermos melhor informados temos que recorrer as midias de outros estados, notadamente do sudeste do brasil.
    Se o jornal também vier sem a participação acionário de politicos, melhor ainda, pois desde de que politicos passaram a comandar as redações, a população perdeu muito.
    Vamos aguardar.

  2. ANÔNIMO

    21 de novembro de 2011 - 17:07 - 17:07
    Reply

    Não acredito em receita pronta para jornal, chegar no mercado e buscar leitores e patrocinio da noite para o dia, talvez este tenha sido o problema do Público não ter rendido o esperado, é preciso construir bases, como o Diário e O Liberal, o

  3. Gente boa

    21 de novembro de 2011 - 15:28 - 15:28
    Reply

    Hiroshi,
    O jornal do tião miranda (não sei o nome) ainda circula por Belém?

    • Hiroshi Bogéa

      21 de novembro de 2011 - 16:11 - 16:11
      Reply

      “Gente Boa”, não. O jornal “Público” não circula mais. Abs

  4. Alberto Lima

    21 de novembro de 2011 - 10:24 - 10:24
    Reply

    É o que está faltando!

    Apenas O liberal e o Diário do Pará com fontes de informação ninguém aguenta mais!

    Que chegue o terceiro jornal!….E logo!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *