Televisão comete “barrigada” em matéria sobre cemitério

Publicado em 1 de novembro de 2013

 

 

Quem assistiu a primeira edição do Jornal Liberal, no Canal 5 de Marabá, espantou-se com matéria mostrando o cemitério da Nova Marabá coberto de matagal, embora a Secretaria de Obras estivesse trabalhando na limpeza do “Recanto da Saudade” desde a tarde de quarta-feira (foto).

cemitério

Não apenas no cemitério da Nova Marabá, mas em todos os demais da cidade.

Soube-se depois que as imagens da emissora haviam sido gravadas no meio da semana, e o noticiário dava conta do cenário como se fosse nesta sexta-feira.

Na hora em que a Liberal exibia o “cemitério abandonado”, o “Recanto da Saudade ” estava totalmente adequado para receber visitação neste sábado, Dia de Finados.

O tele-jornal incorreu naquilo que o jargão jornalístico denomina de “barrigada”, que significa erro, informação errada, causada pela falta de apuração.

O fato repercutiu imediatamente nas redes sociais,  com postagens de alerta à desinformação ocorrida.

A bem da verdade, todos os cemitério (Nova Marabá, Cidade Nova, Velha Marabá, São Félix e Morada Nova)  passaram por um processo de limpeza, com a realização de mutirões.

Cemitério Finados2

Na zona rural, a limpeza foi feita no cemitério da Vila Murumuru.

A longo deste ano, informa Edivan Oliveira, coordenador de trabalhos de limpeza e recuperação de vias públicas, da Secretaria de Obras, a prefeitura “já realizou outro mutirão durante o mês de fevereiro, ainda por conta da extinta Secretaria de Serviços Urbanos (Semsur). Na época, o estado dos cemitérios era de total abandono, abundância de lixo, entulhos e matagal.

“Não foram realizadas apenas limpezas nos cemitérios, também pintamos os muros, passarelas e capelas dos mesmos”, disse o coordenador.

Frente do cemitério recebendo tratamento desde quinta-feira
Frente do cemitério recebendo tratamento desde quinta-feira