Hiroshi Bogéa On line

Tadinho dele!

No blog do Alailson:

Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Pará puniram com aposentadoria compulsória, se é que podemos chamar isso de punição, o juiz da Comarca de Almerim, Alan Rodrigo Campos Meireles.

O magistrado respondia a Processo Administrativo Disciplinar (PAD) por virar o cavalo-do-cão naquele município: descumprimento de prazos processuais, apreensões irregulares de veículos e não encaminhamentos de armas apreendidas ao Exército, entre outras.


Triste história essa de Alan Rodrigo Campos. Agora, ele vai ter de passar o resto de sua vida sem trabalhar e ainda vai receber um salário de mais de R$ 15 mil por mês.


E eu aqui, dando milho aos pombos…

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    30 de dezembro de 2008 - 17:28 - 17:28
    Reply

    A história é triste sim. Primeiro que ele não vai ganhar 15 mil (o valor é proporcional. No caso dele, talvez nem dê 3.000). Aliás, se os magistrados tem essa prerrogativa é pq alguém escolhido por nós (inclusive você), aprovou a lei.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *