Sufoco da falta d´água quase no fim

Publicado em 29 de abril de 2010

Bastante esclarecedora a presença em Marabá de Eduardo Ribeiro, presidente da Cosanpa,detalhando à população os reais motivos dos cortes no fornecimento de água na cidade. O dirigente da companhia fez um tour pelas redações de jornais e estúdios de rádio e TV explicando como se processa o sistema de distruição do produto e a necessidade de suspensão de seu fornecimento, na etapa em que se encontram as obras de expansão da rede.
No máximo, em quarenta dias Marabá  contará com novo sistema de abastecimento de água com probabilidade de aumento em 30% no volume de fornecimento.