Hiroshi Bogéa On line

Sonhar não faz mal

No Tutti Qui deste domingo:

O senador Flexa Ribeiro aumentou suas idas ao interior. Vê a situação de seu partido nos municípios, começa a estudar as alianças, menos com o PT, e aproveita para trabalhar pela sua reeleição ao Senado, de onde espera não sair tão cedo.

Dependendo da perspectiva em que se leia a força de O Liberal inflando o nome de Flexa Ribeiro, uma coisa o senador pode ter certeza: votos no Sul do Pará, ele não terá.

A região rejeita-o de forma virulenta. Em todos os segmentos.
Post de 

5 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    14 de fevereiro de 2008 - 02:45 - 2:45
    Reply

    Verdade, não tenho “credenciais”, mas reproduzo o que escuto nas esquinas.
    Na eleiçao, as respostas virão.

  2. Anonymous

    12 de fevereiro de 2008 - 20:57 - 20:57
    Reply

    E mais, o blogueiro não tem credenciais para falar pelos votantes do Sul do Pará.
    Nem credenciais e nem fatos, apenas a vontade dele,,,

  3. Anonymous

    11 de fevereiro de 2008 - 21:29 - 21:29
    Reply

    Nem tantoi ao céu , nem tanto a terra. Acho a visão dos dois um tanto extremista. Ele pode até não ter seu eleitorado no sudeste do Pará. Mas nada o impede de construí-lo. Afinal de contas qual é a nobreza dos demais em relação ao Flexa? Aquele que não tiver defeito, atire a primeira pedra.

  4. Hiroshi Bogéa

    11 de fevereiro de 2008 - 19:35 - 19:35
    Reply

    Mas ele ainda tem uns meses no Senado….Pra fazer o que anda dizendo: Nada!

  5. Anonymous

    11 de fevereiro de 2008 - 18:43 - 18:43
    Reply

    Era uma vez um senador…
    Flexa visitou Duciomar para avisar que seria candidato!!! O prefeito fez a seguinte colocação a seu escudeiro Castelo: “esse ai pensa que tem voto. Acho que nem a família dele vota mais nele”…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *