Solidariedade

Publicado em 1 de dezembro de 2006

Se dentro de 15 dias a documentação não for liberada pelo órgão especializado, o empresário vítima da chantagem receberá apoio de um grupo de colegas, dispostos a comunicar ao prefeito de Marabá a sacanagem arquitetada. Todos garantem que Tião Miranda reagirá à altura da gravidade do problema.