Hiroshi Bogéa On line

Sobrestado

Se já estava demorando, é possível acreditar estar muito mais distante do que se imagina o início das obras do Yamada Plaza anunciado para Marabá, inclusive com área adquirida em ponto nobre da cidade, pelo grupo Yamada.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    4 de março de 2009 - 20:43 - 20:43
    Reply

    ESSE MST É RECHEADO DE BADERNEIROS…

  2. Anonymous

    4 de março de 2009 - 17:41 - 17:41
    Reply

    È fato que toda propriedade particular tem que ser zelada pelo proprietario: é o que determina o codigo de obras ou seja, se eu tenho um terreno seja onde for se ele nao está cercado ele está passivel de invasao pois o dono nao cuida.
    Neste caso cabe-lhe multa por abandono de bem imovel.
    Nao estou fazendo apologia a invasao, mas de quem é este terreno proximo auto peças paulistinha??
    Nao é de pobre!!! Eu te garanto. Deve ser de um empresario e ele nao tem R$ para cercar ou fazer uma benfeitoria em uma area tao grande?
    Olha dia 17 de abril esta chegando e o MST mandou o recado.
    Temos que ser inteligentes. Durante todo este tempo e essa desuniao destes empresarios.

  3. Cabelo Seco

    27 de fevereiro de 2009 - 16:35 - 16:35
    Reply

    E as invasões de “sem tetos” na transamazonica, próximo a auto peças Paulista… Invadir lugares ruins eles não querem…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *