Hiroshi Bogéa On line

Sob suspeita

O Conselho Nacional do Ministério Público, para não ser acusado de conivência, no mínimo, precisa investigar a atuação da Procuradora do Tribunal Superior Eleitoral, Sandra Cureau, depois de suas seguidas manifestações e   a t o s     favoráveis à candidatura de José Serra.

É um escândalo,  denúncias de que madame Cureau encaminhou representação do Ministério Público Eleitoral contra propaganda irregular de José Serra em inserções veiculadas no rádio e televisão, somente 81 dias depois do fato. E sem a apresentação das provam que deveriam acompanhar a petição

O que temos aqui, tanto pelo tempo transcorrido, como pela falta de provas(surrupiadas) ou “esquecidas” pela digníssima procuradora Cureau, supostamente, é mais um caso de favorecimento para um dos lados.

Ou, supostamente, prevaricação mesmo.

Mais: a se confirmar a atuação do procurador-geral Eleitoral, Roberto Gurgel, e do ministro Joelson Dias, do TSE, supostamente, também neste caso,  todos estão sob suspeição.

Os togados, até prova em contrário acima de qualquer suspeita,  precisam se posicionar urgentemente sobre esses fatos gravíssimos, sob pena de toda a Justiça Eleitoral estar, também, sob suspeição.

Esse caso de madame Cureau ainda desdobrará novos capítulos.

Aguardemos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *