Hiroshi Bogéa On line

Só o silêncio como testemunha

E o helicóptero, tiraram ou não da base avançada do Graer de Marabá? Ninguém informa. O blog tem solicitado informação ao 4º BPM e demais comandos da Polícia Militar sem respostas. A única disponível é o silencio no espaço aéreo do município. Faz dias que a aeronave deixou de sobrevoar a região, como fazia religiosamente.
Existe sim, algo no ar que não é helicóptero e nem planador.
Os deputados da área também silenciaram.

Post de 

6 Comentários

  1. Joao Salame

    11 de junho de 2007 - 02:18 - 2:18
    Reply

    Meu caro Hiroshy,

    Vocë sabe que eu estava viajando. Nesta terca-feira darei entrada em expediente na Assembleia cobrando esclarecimentos sobre essa questao. Nao tenho porque ficar calado. Muito ao contrario. Parabens pela investigacao jornalistica.
    Abracos

    Joao Salame

  2. Anonymous

    10 de junho de 2007 - 23:39 - 23:39
    Reply

    OU SAI O CARAJÁS OU SEMPRE SEREMOS REFÉNS DE BELENENSES BAIRRISTAS, QUE A VISTA ALCANÇA QUANDO MUITO ATÉ MOJU.

  3. hiroshi

    9 de junho de 2007 - 16:06 - 16:06
    Reply

    Da Silva, seu comentário está indo à ribalta.

  4. hiroshi

    9 de junho de 2007 - 16:05 - 16:05
    Reply

    Da Silva, sinceramente? Eu já sabia. Voce está certo. Eu apenas gostaria que as “autoridades competentes” se manifestassem. Os deputados da região serão cobrados com veemência. Esse silencio é uma desmoralização completa. Está tudo errado no Reino Desunido da Dinamarca Marajoara.
    Valeu, rapaz! Como sempre, no fígado.

  5. Anonymous

    9 de junho de 2007 - 02:36 - 2:36
    Reply

    …Da Silva disse …

    Ora, meu caro, o helicóptero foi devolvido ao seu legítimo dono: uma empresa mineira , de quem o governo do Estado tinha alugado por uma boa grana mensal. Ainda foi obra e arte do namorado, ou ex, da governadora. O silêncio tem sua razão de ser: querem esquecer o assunto. Com 1 ano de aluguel dava pra comprar mais do que um helicóptero do tipo novinho em folha.
    Acho que o povo da região, especilamente de Marabá, e, principalemnte, os políticos eleitos pelo voto dessa gente devem botar a boca no trombone.Sejam aliados ou opositores do governo de plantão.

  6. Anonymous

    8 de junho de 2007 - 15:45 - 15:45
    Reply

    Contra essas sacanagens patrocinadas pelo governo do Estado, todos no I Simpósito Pro-Estado de Carajas, dia 15.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *