Só na legalidade

Publicado em 22 de janeiro de 2010

Acabou o sufoco!

Ameaçados de multas pesadíssimas por atividade irregular, os ceramistas de Marabá ganharam sobrevida com a assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta ) junto a Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Pará,  comprometendo-se regulariza a situação de seus  trabalhadores, bem como ativar registro no Ceprof  (Cadastro de Exploradores e Consumidores de Produtos Florestais) para que possam produzir dentro da legalidade.