Hiroshi Bogéa On line

Sintepp rejeita nome de Bressan para Educação

 

 

Coordenação do Sintepp-Marabá, tendências do Partido dos Trabalhadores opostas ao  “PT Pra Valer” e  movimentos sociais, passaram a manifestar publicamente contrariedade à indicação do nome de Luiz Bressan,  para ocupar a Secretaria de Educação, referente a cota do PT, na futura gestão de João Salame.

Nas escolas municipais têm chegado manifestações de contrariedade com a indicação do candidato ao cargo de secretário, feita pelo PT Pra Valer.

Segundo informação de Aurismar Queiroz, membro da diretoria do Sintepp, “a semana será rica em movimentos públicos contra a indicação do Bressan, presidente municipal dado PT, que  não conhece os problemas da classe e está sendo indicado para preservar interesses políticos-partidários da tendência “PT Pra Valer”, em total dissonância  com os verdadeiros interesses da Educação”,  revela.

A indicação do futuro Secretário de Educação, na gestão de Salame, é de responsabilidade do Partido dos Trabalhadores.

O prefeito eleito tem dito em todos os pronunciamentos que aguarda apenas a definição dos nomes, pelas legendas que o apoiaram, para definir seu secretariado. Ou seja, as discordância internas  precisam ser resolvidas pelos próprios partidos, antes dos felizardos serem anunciados pelo futuro prefeito.

Post de 

7 Comentários

  1. Michael Souza

    11 de dezembro de 2012 - 22:49 - 22:49
    Reply

    Valeu companheiro apoena velho guerreiro

  2. Prof. militante do PT

    11 de dezembro de 2012 - 00:22 - 0:22
    Reply

    Concordo e defendo que o secretario de Educação deve ser uma pessoa que entenda e conheça como funciona a Educação em Marabá, nao signifca apenas ocupar um cargo, significa principalmente trabalhar por uma classe que envolve nao apenas professores e gestores das escolas, envolve tambem alunos e pais de alunos, como alguém que não conhece a realidade das escolas e da Educação de Marabá pode fazer muito pela categoria? Precisamos de um representante que conheça a Educação de Marabá,com certeza Toinha seria bem vinda, a gestão deve pensar no bem comum, no todo e nao apenas em interesses de um grupo.

  3. Militante Petista - Repartimento

    10 de dezembro de 2012 - 16:57 - 16:57
    Reply

    O PT Pra Valer na região é de uma intransigência incomum para quem esta em processo de construção nestas áreas do estado, se não vejamos:
    Em novo repartimento este grupo elegeu somente uma vereadora dos três que o PT elegeu, o vice prefeito é deste grupo (PEDRÃO), a vereadora eleita ( CREUZA )quer o apoio dos vereadores do PT para sua candidatura a presidência da câmara sem discutir com o partido, pois afirma que isto não é assunto do partido e sim dos vereadores e ainda de quebra querem indicar a secretaria de Educação espaço destinado a indicação do partido com articulações unilaterais, sem levar em conta resolução do diretório estadual que orienta uma comissão de transição composta pelas forças politicas do partido no município. Como se vê é uma ganância total!
    Não leva em consideração: a Executiva do partido, uma resolução do diretório estadual que orienta uma comissão de transição composta pelas forças politicas do partido no municípios para discutir indicações, os demais grupos do PT no município em que juntos tem a maioria da executiva, tem dois vereadores eleitos e a maioria dos filiados.
    AVISO, isso não vai dar certo!

  4. Apoema

    10 de dezembro de 2012 - 12:54 - 12:54
    Reply

    Não é apenas dentro do PT que o nome Bressan não é bem visto. Os servidores da Educação, em sua maioria, não compreendem o por quê da escolha deste nome.
    Não possui uma história na educação, é um político desconhecido para a categoria. Sim, Toinha seria bem vinda e bem vista, hora de deixar intrigas e entrarem em um acordo coerente, a educação de Marabá não deve ser utilizada para interesses eleitoreiros.

  5. Michael Souza

    10 de dezembro de 2012 - 12:38 - 12:38
    Reply

    Concordo plenamente com francisco neto o que queremos é coerencia para pessoa que assumir o cargo na secretaria de educaçao, por isso enquanto servidor de carreira e filiado ao sintepp prefiro a vereadora toinha para secretaria de educaçao enquanto mulher de luta que tem total confiança da categoria para assumir este cargo. se o pt rachou que o prefeito eleito tome uma atitude.

  6. militante do PT

    10 de dezembro de 2012 - 11:20 - 11:20
    Reply

    Na maioria dos militantes do Partido dos Trabalhadores de Marabá o nome do companheiro bressam não e bem visto como secreterio de educaçao, todos sabemos que isso parte de uma articulaçao para garandir a futura campanha da deputada bernadete para deputado federal, tudo intesese do seu grupo interno e liderado pelo vice prefeito luis carlos, o prefeito joãp salame tem que ser impor neste momento e o melhor que ele pode fazer e retirar a semed do pt em detrimento deste racha interno !

  7. Prof. Francisco Neto

    10 de dezembro de 2012 - 07:35 - 7:35
    Reply

    Hiroshi
    A maioria dos coordenadores até, digamos ontem, não fazia referência a nomes para a secretaria de educação, porém o nome tão cogitado do Sr. Bressan não atende em primeiro a promessa de campanha do então eleito Prefeito de Marabá. “os cargos ocupados em meu governo terá que ser alguém com afinidades e ser da área em que irá atuar” dessa forma resolvemos nos manifestarmos e defendermos o nome da então eleita vereadora TOINHA, sendo que esta é uma mulher aguerrida e faz jús a indicação de todos nós. Não estamos aqui menosprezando a capacidade de A ou B, o que não podemos é arriscarmos em uma pessoa de pouco conhecimento na área de educação.
    Não estamos querendo fazer ingerencia ao governo do JS mas contribuir para o bom andamento de sua gestão. Entendemos que o PT deverá repensar e acatar a decisão certa para este cargo. Não compreendo em que o PT sairia perdendo em ter o Bressan na Câmara de vereadores.
    Obrigado!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *