Sintepp prefere retorno das aulas presenciais em setembro

Publicado em 20 de julho de 2021

“Não somos contra o retorno das aulas presenciais, mas que ele possa ocorrer somente depois da imunização dos profissionais com a segunda dose da vacina. A grande maioria deles vai receber essa segunda dose no final de agosto, e, então, em setembro estará tudo certo para as aulas”.

 

Posicionamento é da  coordenadora geral do Sintepp Belém e integrante da coordenação estadual do Sintepp Pará, Sílvia Letícia da Luz, sobre  a anunciada possibilidade de retomada das aulas presenciais em escolas estaduais , no Pará, conforme aventou o governador Helder Barbalho, sugerindo o dia 2 de agosto para reinicio do período letivo.

Para o Sintepp, a melhor estratégia é retomar os trabalhos presenciais somente em setembro.

A posição externada pelo Sintepp PA é a de que o retorno deve se dar de forma escalonada, gradual, após a imunização completa dos profissionais de Educação, como professores, coordenadores pedagógicos e servidores em geral.

O sindicato também condiciona o retorno às aulas presenciais a um perfil epidemiológico favorável, sem elevação de casos e óbitos provocados pelo novo coronavírus; e às condições sanitárias das escolas, incluindo o acesso a álcool em gel, uso de máscaras e distanciamento social, além da estrutura das unidades escolares condizentes ao atendimento do público de estudantes e servidores.

Já está marcada assembleia geral dos educadores para  6 de agosto.

Nesse dia, os profissionais da área educacional  se posicionarão sobre o retorno presencial.