Hiroshi Bogéa On line

Sindicato repudia agressão a repórteres em Eldorado

 

A Delegacia Regional do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, através de seu presidente Elvan do Vale, publica Nota de Repúdio às agressões sofridas por equipes de Rádio e Televisão de Curionópolis, patrocinadas por jagunços do prefeito de Eldorado do Carajás.

 

——————

NOTA DE REPÚDIO

Em nome do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, venho externar meu total repúdio aos atos inconcebíveis de violência praticados contra profissionais da mídia (TV e rádio) ocorridos na terça-feira, dia 1º, na cidade de Eldorado do Carajás.
É inadmissível que em pleno estado democrático de direito, situações como esta ainda ocorram em nosso País. Ainda mais quando praticadas por pessoas ligadas ao poder público, como parece ter sido o caso em questão.
O que mais indigna é o fato de o prefeito Genival Diniz Gonçalves, apontado como mandante da ação truculenta, simplesmente se esconder da Imprensa e não dar resposta alguma sobre o assunto, o que o incrimina mais ainda.
Se o mandatário gasta os recursos do município pagando pessoas para agirem de forma tão vil (sim, porque os brutamontes não “trabalharam” de graça), poderia aplicar esse dinheiro público em obras de infraestrutura, saúde e educação.
É bom destacar a nobreza dos colegas que foram agredidos. Primeiro porque estavam apenas cumprindo seu duro dever (coincidentemente no Dia do Trabalho) e segundo porque não reagiram à fúria de seus agressores. Pelo contrário, procuraram os meios legais para se defender dessa afronta à sua integridade física e à liberdade de Imprensa.
E quanto ao prefeito, temos a dizer que estaremos vigilantes e vamos acompanhar a apuração dos fatos.

Elvan do Vale (DRT-1.436)
Delegado do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, em Marabá.

—————————

Atualização às 16:15

Nota do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, assinado pelo vice-presidente Luiz Nonato da Silva Cunha, também condena a ação da jagunçada de Eldorado do Carajás, solidarizando-se com os colegas agredidos:

Nota do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará

Ratificamos o posicionamento do Companheiro Diretor do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, Elvan do Vale. De fato é lamentável que em pleno século XXI os profissionais de imprensa ainda tenham que passar por esses abusos e humilhações. Repudiamos veementemente a atitude covarde desses truculentos brutamontes travestidos de Assessores do Prefeito de Eldorado do Carajás. Esses “aspones” sem ter como justificar seus salários, saem a agredir trabalhadores que estavam no cumprimento de seus deveres. Que alcaide é este que patrocina atitudes de autoritarismo? Que mandatário é esse que tolera agressõese intimidação ao livre exercício da profissão ? Nós estaremos acompanhando o desdobramento do lamentável episódio e colocando nosso Departamento Juridico à disposição dos companheiros agredidos.
Luiz Nonato da Silva Cunha
Vice Presidente do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará
DRT-1267/Pa.

—————————-

Atualização às 09:02 (03/05)

Quem também publica Nota de Repúdio é a Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop) :

Nota de repúdio

A Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop) vem a público manifestar desagravo e irrestrita solidariedade aos integrantes da Equipe da TV Liderança, composta pelo cinegrafista e produtor Tiago Souza e pelo motorista Rafael Teixeira, que foram vítimas da truculência de alguns simpatizantes da gestão municipal de Eldorado dos Carajás, em pleno exercício de suas atividades profissionais, na cobertura de assalto a bancos naquele município, ocorrido nesta terça-feira, dia 1 de maio.
Esta associação não será tolerante com quaisquer falta de compromisso e ou profissionalismo por parte dos membros da imprensa, por outro lado será inconteste defensora dos direitos do exercício da função.
Condenamos todo e qualquer tipo de violência, e nada justifica, em meio a tantos métodos de defesa, por meio da lei, o uso da violência para inibir a imprensa de realizar o seu trabalho.
As informações de interesse popular não podem se sobrepor a vontade de interesses privados. A população tem o direito de conhecê-las para poder avalia-las e a partir daí opinar sobre uma ótica imparcial e com os poderes legais que detêm.

O ato de violência ocorrida manha do “Dia Internacional do Trabalhador” contra a equipe de jornalismo da supracitada emissora gerou um boletim de ocorrência, e que foi de perto, acompanhado pelo superintendente de policia civil da regional Marabá. Agora caberá a esta associação, legitimamente, representante da imprensa e comunicação de Parauapebas, exigir a apuração dos fatos e a aplicação das penalidades de acordo com o que rege a lei.

Sempre estaremos alerta e não nos intimidaremos com atos como este que tem como finalidade calar a voz da sociedade. A liberdade de imprensa, uma vez ou outra sofre algum tipo de atentado, recentemente um jornalista foi brutalmente assassinado em um dos pontos turísticos mais visitados do Maranhão, e isso não servirá como obstáculo para nosso trabalho e não permitiremos que sirva de motivação para aqueles que se julgam acima da lei, não recuaremos em dizer a verdade e informar a população.

A Aicop repudia com veemência o incidente, ao mesmo tempo em que solicita as providências cabíveis por parte das autoridades competentes, inclusive com proteção aos agredidos e ameaçados, a despeito das providências judiciais que esta entidade tomará.

Laércio de Castro
Presidente da Aicop

Post de 

5 Comentários

  1. Llaercio de Castro

    3 de maio de 2012 - 07:12 - 7:12
    Reply

    Nota de repúdio

    A Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop) vem a público manifestar desagravo e irrestrita solidariedade aos integrantes da Equipe da TV Liderança, composta pelo cinegrafista e produtor Tiago Souza e pelo motorista Rafael Teixeira, que foram vítimas da truculência de alguns simpatizantes da gestão municipal de Eldorado dos Carajás, em pleno exercício de suas atividades profissionais, na cobertura de assalto a bancos naquele município, ocorrido nesta terça-feira, dia 1 de maio.
    Esta associação não será tolerante com quaisquer falta de compromisso e ou profissionalismo por parte dos membros da imprensa, por outro lado será inconteste defensora dos direitos do exercício da função.
    Condenamos todo e qualquer tipo de violência, e nada justifica, em meio a tantos métodos de defesa, por meio da lei, o uso da violência para inibir a imprensa de realizar o seu trabalho.
    As informações de interesse popular não podem se sobrepor a vontade de interesses privados. A população tem o direito de conhecê-las para poder avalia-las e a partir daí opinar sobre uma ótica imparcial e com os poderes legais que detêm.

    O ato de violência ocorrida manha do “Dia Internacional do Trabalhador” contra a equipe de jornalismo da supracitada emissora gerou um boletim de ocorrência, e que foi de perto, acompanhado pelo superintendente de policia civil da regional Marabá. Agora caberá a esta associação, legitimamente, representante da imprensa e comunicação de Parauapebas, exigir a apuração dos fatos e a aplicação das penalidades de acordo com o que rege a lei.

    Sempre estaremos alerta e não nos intimidaremos com atos como este que tem como finalidade calar a voz da sociedade. A liberdade de imprensa, uma vez ou outra sofre algum tipo de atentado, recentemente um jornalista foi brutalmente assassinado em um dos pontos turísticos mais visitados do Maranhão, e isso não servirá como obstáculo para nosso trabalho e não permitiremos que sirva de motivação para aqueles que se julgam acima da lei, não recuaremos em dizer a verdade e informar a população.

    A Aicop repudia com veemência o incidente, ao mesmo tempo em que solicita as providências cabíveis por parte das autoridades competentes, inclusive com proteção aos agredidos e ameaçados, a despeito das providências judiciais que esta entidade tomará.

    Laércio de Castro
    Presidente da Aicop

  2. Beto Rodrigues

    2 de maio de 2012 - 16:58 - 16:58
    Reply

    Nós profissionais da Rádio Liderança FM e da TV Record Curionópolis agradecemos a todos os colegas, emissoras, sites, blogs e demais veiculos, ao sindicato dos radialistas e as instituições profissionais que solidariamente tem divulgado e nos apoiado neste episódio.
    Continuaremos trabalhando e cumprindo a nossa obrigação de levar a sociedade a informação e a noticia de forma imparcial e verdadeira. De maneira talvez mais ousada, porém não imprudente.
    Imprensa livre é fundamental para a democracia.
    Palavras de gratidão não conseguirão expressar o nosso sentimento, estamos orgulhosos pela rápida movimentação de toda a categoria, pela indignação de todos os nossos colegas.
    A imprensa paraense com este incidente da uma clara demostração a sociedade de força e profissionalismo.

    Beto Rodrigues
    Diretor da Liderança FM

  3. Alberto Oliveira

    2 de maio de 2012 - 16:54 - 16:54
    Reply

    É de fato uma afronta ao direito de liberdade de expressão. Mas somos um povo forte e destemido. Não nos calamos, nem muito menos somos covardes!
    A ditadura acabou mais ainda existem “Coronéis” que acreditam em falta de impunidade e poder sobre uma sociedade como é o caso dos cidadãos de Eldorado dos Carajás. Mas a imprensa está aí, justamente pra ecoar e fazer valer o direito do povo. Portanto não serão meia duzia de “capatazes” quem irão intimidadar a voz e a vontade do povo. Ao invés disso as autoridades do poder público da cidade de Eldorado dos Carajás deveriam usar suas forças e poder em prol do povo e não tentando calar os “lamentos” dos cidadãos deste município. Parabéns aos profissionais de rádio, televisão, impressos, blogosfera e demais meios de comunicação pela luta e a coragem de darem voz e vez aos direitos do cidadão a livre liberdade de expressão. Viva a democracia!!!

  4. Luiz Cunha

    2 de maio de 2012 - 14:50 - 14:50
    Reply

    Ratificamos o posicionamento do Companheiro Diretor do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará, Elvan do Vale. De fato é lamentável que em pleno século XXI os profissionais de imprensa ainda tenham que passar por esses abusos e humilhações. Repudiamos veementemente a atitude covarde desses truculentos brutamontes travestidos de Assessores do Prefeito de Eldorado do Carajás. Esses “aspones” sem ter como justificar seus salários, saem a agredir trabalhadores que estavam no cumprimento de seus deveres. Que alcaide é este que patrocina atitudes de autoritarismo? Que mandatário é esse que tolera agressõese intimidação ao livre exercício da profissão ? Nós estaremos acompanhando o desdobramento do lamentável episódio e colocando nosso Departamento Juridico à disposição dos companheiros agredidos.
    Luiz Nonato da Silva Cunha
    Vice Presidente do Sindicato dos Radialistas do Estado do Pará
    DRT-1267/Pa.

  5. Luis Sergio Anders Cavalcante

    2 de maio de 2012 - 14:50 - 14:50
    Reply

    Hiro, são ações típicas do “coronelismo”, ao que parece, ainda com apreciadores, em algumas de nossas cidades. Inaceitavel a repressão aos profissionais em questão. Parabéns ao Delegado Elvan do Vale. Em 02.05.12, Marabá-PA.

Leave a Reply to Beto Rodrigues

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *