Hiroshi Bogéa On line

Sinais cifrados

As aparências enganam, sim. Mas há casos em que o antagonismo natural de personalidades revela verdades até numa frase desinteressante. Em entrevista ao Correio do Tocantins, o vice-prefeito e secretário de Saúde de Marabá, Nagilson Amoury, deixou escapar seu inconformismo com a imobilidade.

Perguntado se, na condição de vice-prefeito, tem “autonomia necessária para modificar os rumos da saúde”, encarou a realidade:

No momento, não completamente. No entanto, creio que com o andar da carruagem nosso gestor entenda que assim deve ser o caminho natural e legal para tal procedimento de gestão numa pasta tão importante e complexa que é a saúde.

O médico Nagilson Amoury tem pavio curto. E já sentiu que sua área de manobra não está dando nem para escape.

Sutilmente, mandou o primeiro aviso.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    25 de fevereiro de 2009 - 19:39 - 19:39
    Reply

    Temos que concordar que não será facil mudar o rumo da saúde em marabá, se o descaso já vem de cima para baixo, um exemplo bem claro é o 11º Centro Regional de Saúde da SESPA, que tem 21 municipios sob sua jurisdição, administrado pelo Bioquimico Paulo Geraldo de Souza que tem boa vontade e competência, porém serve apenas de testa de ferro ao Deputado Adrubal Bentes, o qual tem montado um esquema de corrupção e desvio de dinheiro publico que tem sido encabeçado pela atua adiministradora daquele Centro Regional Aldenora Igreja, remanescente da ultima administração sob o comando da Ex-Deputada Elza Miranda. Mas voltando ao assunto do municipio, é evidente que as coisas não vão mudar da noite para o dia, existem muitos interesses politicos por trás de tudo, além disso Marabá ainda conta com a grande ajuda de um, Conselho Municipal de Saúde Inoperante,pelêgo, onde o Presidente Pedro Santos Nunes tem montado um esquema de fábrica e superfaturamento de diárias, beneficiando, uma minoria de conselheiros, para em contrapartida aprovar a prestação de contas da SMS, assim realmente fica dificil.

  2. Anonymous

    25 de fevereiro de 2009 - 18:36 - 18:36
    Reply

    Nagílson,bom profissional,bom pedigree(vide seus pais),se quiser fazer carreira política,tem muito à aprender,entrou no lugar mais sujo da sociedade,onde prevalecem interesses pessoais e o famoso “toma lá,da cá”.Nosso amigo tem que ler a biografia de José Sarney; vai descobrir que está no lugar errado.

  3. Hiroshi Bogéa

    25 de fevereiro de 2009 - 00:59 - 0:59
    Reply

    2:58 PM, dificilmente o Nagilson suportará esse banzeiro de águas turvas. Logo, logo, ele assumrá alguma posição de cobrança a falta de metas do prefeito. Há uma diferença muito grande entre os dois estilos.
    Abs

  4. Anonymous

    24 de fevereiro de 2009 - 17:58 - 17:58
    Reply

    Hiroshi,
    Do jeito que vão as coisas, parece que a ordem dos fatores vão modificar o produto!!
    Política é coisa traiçoeira e parece que o povo está sendo traido, pois a tão esperada mudança não veio com Maurino.
    Nagilson está incoformado com o andar da carroagem, mas quem assina é o prefeito e tambem responde por tudo.
    Tomara que deixem ele trabalhar pelo menos na área de maior sofrimento do povo, a saúde.
    Qual sua opnião Hiroshi?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *