Hiroshi Bogéa On line

Serviços na ponte rodoferroviária provocam engarrafamento de 5 km

 

pOnte 4

Quem está fora não entra; quem está dentro não sai, tal qual os versos da canção popular do Billy.

É assim que se sentem os motoristas que tentam atravessar o rio Tocantins, pela ponte rodoferroviária, diante do quilométrico engarramento (foto) provocado pela interdição de um dos lados da ponte para a realização de obras no logradouro.

A pista fechada é a do lado esquerdo de quem segue Marabá sentido bairro São Félix.

A situação de “queima paciência” deverá perdurar por todo o final de semana.

Atravessar o rio, aconselhamos fazê-lo apenas quem realmente precisa cruzar o trajeto.

Não está fácil.

pOnte 2

pOnte 5

 

pOnte 3

 

Fotos = Alex Nery

Post de 

2 Comentários

  1. MALA

    14 de setembro de 2013 - 09:52 - 9:52
    Reply

    Porquê não fazem o reparo em um dia de reduzido movimento,como domingos /feriados,etc Excesso de inteligência, é isso ? Igual à obra na transamazônica ali passando o INCRA em direção ao aeroporto, fecharam meia pista,e a opção para desafogar o transito,seria quem vai para a Cidade Nova ,entrar antes à esquerda e acessar esse núcleo alí pelo lado da antiga Agrovila, mas os inteligentes fecharam o acesso também !!!! Vamos todos rir juntos… KKKKKKKKKKKKK É muita inteligencia…

  2. Gabriel Barros

    13 de setembro de 2013 - 17:31 - 17:31
    Reply

    Semana retrasada passei pela ponte e senti ela balançar fora do que é normal. Logicamente, sei que é necessário que a ponte balance devido a sua extensão. Porém, dentre esses anos que utilizo a ponte, nunca senti ela balançar daquela forma. O meu carro e de outros motoristas que estavam passando na ponte naquele momento, também balançavam de forma anormal.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *