Serra Pelada implementa programa “Portas Abertas”

Publicado em 24 de dezembro de 2011

 

 

Curionópolis – Com a sua primeira edição marcada para este sábado, 26 de novembro, a Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM) dará início ao programa Portas Abertas, que consiste em visitas de estudantes, familiares dos empregados, autoridades, entre outros públicos às suas instalações. O primeiro grupo, composto por 20 estudantes do curso técnico de mineração da SOTER de Parauapebas, será recebido pelas equipes de Segurança, Saúde, Meio Ambiente, Comunidades e Comunicação (SSMAC), Geologia e Mina da empresa.

“O programa Portas Abertas proporcionará aos moradores da região a oportunidade de conhecer sobre as atividades da SPCDM, seus programas socioambientais e o mercado de mineração. A iniciativa é uma entre tantas outras que iremos implementar nos próximos meses com a objetivo de estreitar o relacionamento com as comunidades e tornar nossa atuação ainda mais transparente”, declara Raimundo Gonçalves Ferreira Júnior, Gerente de SSMAC da Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral.

A programação do Portas Abertas inclui uma apresentação institucional, visita às instalações, passando pelo mirante, área administrativa e Centro de Desenvolvimento Comunitário (CDC), e almoço no refeitório da companhia. Os visitantes terão suas dúvidas esclarecidas pelos executivos da empresa e poderão avaliar a atividade, contribuindo para o seu aperfeiçoamento.

O programa será realizado quinzenalmente, aos sábados, das 9h às 13h. Para a inscrição de instituições, basta enviar um e-mail para visitante@colossusminerals.com informando os dados da entidade, nome completo dos visitantes e telefone.

A Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM) é resultado da sociedade entre a Colossus Mineração Ltda., empresa brasileira do grupo canadense Colossus Minerals Inc., e a Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp). Atualmente em fase de desenvolvimento, a SPCDM avança em seu objetivo de tornar-se a próxima produtora de metais preciosos no Brasil. Para isso, é liderada por executivos com sólida experiência e carreiras de sucesso nas áreas de gestão de negócios, geologia, engenharia e desenvolvimento de minas.

Fonte – Agência Bateia