Hiroshi Bogéa On line

Senador Zequinha Marinho intensifica viagens ao interior trabalhando pré-candidatura ao Governo

Já é de domínio público as articulações que o senador Zequinha Marinho (PSC) vem fazendo para viabilizar sua candidatura ao governo do Estado, em oposição ao atual governador Helder Barbalho.

No Sul do Pará, onde mantém uma boa base eleitoral, nos últimos 30 dias, Marinho intensificou contatos com empresários, lideranças do agronegócio e grupos que integram a estrutura de apoio ao parlamentar nas campanhas eleitorais.

Nas redes sociais, há gravações de falas de Zequinha Marinho fazendo avaliação dos cenários políticos onde se posiciona admitindo a candidatura em confronto com Helder.

Numa reunião com empresários aliados,  Marinho cita o desejo do presidente Jair Bolsonaro torná-lo governador como forma de retirar do cenário político o atual governador paraense, “inimigo do presidente da República”.

Os fatos vão ratificando o cenário da pré-candidatura do senador do PSC.

Em Santarém, a Rádio OEstadoNet também divulgou informação nessa direção.

diz uma nota da publicação digital:

 

“Um dos postulantes ao cargo majoritário que poderá fazer frente à reeleição do governador Helder Barbalho, é o senador Zequinha Marinho (PSC), cujo nome vem sendo incentivado para esta disputa por um grupo ligado ao presidente Jair Bolsonaro.

A informação foi divulgada nesta manhã pela Rádio OEstadoNet.

Segundo o informativo das 07h00 da emissora, o grupo pró-bolsonarista, que tem entre seus membros o deputado federal Eder Mauro e o delegado da PF Eguchi, que disputou o segundo turno da eleição para prefeito de Belém, 

Zequinha Marinho foi aliado de Helder na campanha passada, quando ainda era vice-governador do estado, eleito na chapa do ex-governador Simão Jatene com quem rompeu a aliança para apoiar o MDB nas eleições de 2018. Ele foi eleito senador na mesma coligação em que Jader Barbalho estava.

O senador pertence à Convenção de Ministros e Igrejas Assembleia de Deus do Estado do Pará.

Os deputados Eder Mauro e Eguchi são os principais incentivadores de uma campanha oposicionista a Helder Barbalho”.

Post de 

1 Comentário

  1. TDA

    8 de junho de 2021 - 13:45 - 13:45
    Reply

    Vice de Jatene…
    … apoiador do Helder em 2018…
    …. apoiador do Bolsonaro em 2022 e contra o Helder.
    O cara não sabe nem a banda que vai tocar, não tem fidedignidade com o que pensa, tem centralidade pra governar?!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *