Hiroshi Bogéa On line

Sema: políticos estimulavam fraudes?

Diário do Pará deste domingo  estampa matéria sobre um suposto esquema fraudulento montado na Secretaria de Meio Ambiente do Estado, durante a gestão do ex-secretário Anibal Picanço.

Entre os políticos citados estão os deputados federais Cláudio Puty (PT) e Giovanni Queiroz (PDT), além dos estaduais Bernadete ten Caten (PT), Gabriel Guerreiro (PV) Cássio Andrade (PSB).

Como já ocorreu em denúncia do gênero, meses atrás, que até agora não esclareceu nada, inclusive se os supostos envolvidos estavam mesmo comprometidos com irregularidades, convém aguardar o desenrolar dos fatos para se fazer avaliação correto.

Matéria completa.

Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    8 de fevereiro de 2011 - 14:09 - 14:09
    Reply

    Ao babaca das 09:18,

    Existe outro grupo de comunicação forte no estado do Pará, que cumpre esse papel de bater em Jader Barbalho, O liberal dos Maioranas.
    O que adiantaria o Mendes fazer uma grande matéria metendo o pau no Barbalhão, se essa materia seria vetada na pela chefia de redação. Deixa de ser burro.
    Agora se o Estadão pedir uma materia investigativa sobre o Barbalho, com certeza o Mendes o fará. Desde que surja algum fato novo.

  2. Anonymous

    7 de fevereiro de 2011 - 12:18 - 12:18
    Reply

    Poderosos? E o Jader é o quê? Ou o cara é sério e investiga todo mundo, ou é só mais um empregado e faz o que é conveniente ao patrão. Aí já sabe, credibilidade zero.

  3. Anonymous

    7 de fevereiro de 2011 - 02:53 - 2:53
    Reply

    Concordo, Eleutério. O Carlos Mendes é de alto gabarito. Prova é sua condição de corresponde de um jornal se´rissimo como o Estadão. O Mendes é cavador de notícias que ferem interesses de poderosos, com provas e fatos checados.

    Mariana Cruz

  4. Eleutério

    6 de fevereiro de 2011 - 20:52 - 20:52
    Reply

    O Carlos Mendes é um profissional de alto gabarito. Porém, faz o que lhe determinam que faça, como qualquer empregado de qualquer empresa.

  5. Anonymous

    6 de fevereiro de 2011 - 20:09 - 20:09
    Reply

    Nobre amigo…O estilo de vida que este povo leva não cabe um ponto de interrogação e nem dúvidas sobre as maracutaias.
    A única "interrogação" é se teremos que digerir mais uma pizza ecológica do tipo gigante. Por que até o chefão deste esquema, que rola desde 2006 pela imprensa, foi premiado com uma cadeira na ALEPA.

  6. Anonymous

    6 de fevereiro de 2011 - 13:57 - 13:57
    Reply

    Como diz Amorim no seu blog "Na Ilharga" nas "Futricas Barbálhicas" do Diário do Pará, está sendo requentado um assunto referente a SEMA, mas com a finalidade de atingir aqueles que estiveram em posição contrária, nas últimas eleições. O Carlos Mentes, a mando de seu patrão, é useiro e vezeiro na prática desse trabalho que procura enlamear pessoas, como ato de vingança pessoal do chefe.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *