Hiroshi Bogéa On line

Sem contrato com Marabá, Cosanpa pressiona

 

 

Venceu o prazo de validade do contrato da Cosanpa com a Prefeitura de Marabá, para abastecimento de água do município.

A companhia de saneamento paraense, através do governo, pressiona o prefeito Maurino Magalhães a renovar o direito à concessão, mas tem encontrado resistências.

O prefeito considera a companhia defasada em relação a sua estrutura operacional para atender as demandas de uma cidade que dentro de cinco anos terá pelo menos 400 mil habitantes.

Nos bastidores, não prevalece, todavia, apenas a vontade do prefeito. Pressões de todos os lados circundam a decisão, que ainda promete muitas emoções.

Post de 

3 Comentários

  1. luana

    2 de julho de 2011 - 00:05 - 0:05
    Reply

    oi gostaria de saber se os vereadores decidirão sobre a concessão ou não do contrato com a cosanpa ou simplesmente o prefeito decidirá sozinho. Aguardo resposta.

  2. NoNe

    20 de junho de 2011 - 01:33 - 1:33
    Reply

    Se Maurino Fizer a burrada de querer dar a concessão para outra empresa do Tocantis,Era uma vez a reeleiçao que já periga não ter respaldo a bastante tempo,será que ele vai fazer cacá agora que as cosa omeçam a melhorar pro lado dele. Se começar escacear água por causa dessa fuleragem,ai ai ai ai ai..vai ter….

  3. Luis Sergio Anders Cavalcante

    17 de junho de 2011 - 13:04 - 13:04
    Reply

    Tomara que o alcaide não venha a perpetrar outra de suas inúmeras burradas. Em 17.06.11, Marabá-PA.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *