Sem compadrio

Quem pensava que o MPE iria fazer de conta, enganou-se.

O promotor de Justiça de Marabá, José Luiz Furtado, encalacrou-se de vez.

Aqui e aqui também.