Sem chance

Publicado em 5 de maio de 2007

Enquanto concedia entrevista ao blog, Cláudio Puty acionava meio mundo de assessores para checar a movimentação dos sem-terra na região de Carajás. Tranqüilo, intercalava a entrevista com orientações aos seus auxiliares. Deu para perceber que o secretário da Sepof, Carlos Guedes, se encontrava on line com ele. Minutos depois, este poster alcançou Guedes – também pelo celular. “Prefiro que receba qualquer posição do governo ouvindo o Puty”, sugeriu o secretário.
Por volta das 23 horas de sexta-feira, o blog conseguiu checar que os auxiliares diretos de Ana Julia estavam uníssonos no discurso a ser liberada na manhã deste sábado: contemporizar com a bagunça é coisa totalmente fora de cogitação.