Sem bandeira

Publicado em 13 de março de 2008

Empresários de municípios do Sudeste não tem dúvidas de que a instalação em Marabá da siderúrgica anunciada pela Vale freará de vez o movimento divisionista territorial. Na visão deles, os benefícios do empreendimento terá o efeito de cessar a insatisfação pela ausência do Estado e de investimentos geradores de emprego e renda.

Setores da própria classe política regional perderiam o discurso de “terra abandonada”, não encontrando mais apoio popular para engrossar o movimento separatista.

Com a siderúrgica em marabá, Belém ganhará o Sul do Pará de vez, disso ninguém tem dúvidas -, avalia um dos mais influentes empresários da região.