‘Segurança por Todo o Pará’ chega a 80% das Regiões Integradas

Com um Estado de tamanho continental, os desafios em prover políticas públicas que contemplem a realidade de cada região é um grande desafio. Por isso, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) realiza, desde o ano de 2019, o projeto “Segurança Por Todo o Pará”.

De lá para cá, a iniciativa já passou por nove Regiões Integradas de Segurança Pública, alcançando 80% das Risps.

Nesta terça-feira, 9, foi a vez da 11ª Risp “Xingu” dialogar sobre a atuação do sistema de segurança pública local, identificar os pontos fracos e elencar ações que potencializem o trabalho tendo como exemplos as iniciativas concretizadas na Região Metropolitana de Belém, e que renderam frutos positivos, o que refletiu em todo o território.

Um exemplo foi a redução da violência em 30% no primeiro ano da atual gestão, nos casos de Crimes Violentos Letais Intencionais.

A região Xingu tem como sede a cidade de Altamira, o maior município em extensão territorial do Brasil. Na cidade ocorreu o encontro dos gestores públicos e comandantes locais, na sede do Sindicato dos Produtores Rurais.

“Nós estamos trazendo para toda região o projeto Segurança Por Todo o Pará. Primeiro, ele prega que nós possamos conversar com a tropa de todos os órgãos de segurança pública do Estaso. Nós estamos aqui presentes com a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, CPC Renato Chaves, o Detran para que a gente possa conversar com questões regionais, alinhar as ações, trazer algumas ideias que deram certo na Região Metropolitana de Belém para o interior, mas também ouvir quem trabalha aqui, da realidade local e das especificidades de cada região e junto com eles construir um planejamento para que a gente possa melhorar nossas ações em cada região”, explicou o titular da Segup, Ualame Machado.