Segup inova com instalação de câmeras de reconhecimento que agilizam captura de criminosos

Publicado em 1 de setembro de 2021

A tecnologia de reconhecimento de placas veiculares, utilizada mundialmente, já está presente em diversos municípios do Pará e se somam ao trabalho policial para combater a violência em todo o Estado.

Trata-se do sistema IRIS (Integração de Registros para Identificação de Suspeitos) que, por meio de câmeras de videomonitoramento, faz a leitura e análise da identificação de veículos automotores.

Ao todo, no Pará, sete das 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs) já possuem a tecnologia que, em pouco tempo de uso, já demonstra resultados positivos.

As câmeras estão em funcionamento desde o mês de julho e estão instaladas em pontos estratégicos das vias.

As imagens são transmitidas em tempo real para o Centro ou Núcleos Integrado de Operações (CIOp ou NIOp) ou ainda para as Centrais de Atendimento e Despachos (CADs) implantados no estado.

De forma automática, o sistema faz a leitura individual da placa.

As informações são cruzadas junto ao sistema nacional Córtex, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que identifica irregularidades administrativas e criminais do veículo e/ou da pessoa que possui vínculo junto ao automóvel como, por exemplo, tráfico de drogas ou ausência de pagamento de pensão alimentícia.

Após o alerta informado, o operador da câmera repassa a informação para que a viatura mais próxima seja acionada para averiguação.