Secretário de Governo de Parauapebas explica como a falta de representatividade política trava o desenvolvimento regional

Dia desses compartilhei com vocês um artigo breve sobre integração regional (leia aqui). Mostrei que nossa região é uma potência em termos econômicos, mas ainda está engatinhando no que diz respeito ao desenvolvimento.

Nossa região produz demais e, em troca, recebe muito menos do que precisa e merece.

Isso acontece por conta da concentração de recursos nos cofres do Governo Federal. Infelizmente, estados e municípios são os “primos pobres” no tal Pacto Federativo.

A questão é: o que fazer para corrigir essas distorções?

A resposta está na política.

 

Trecho acima integra o artigo do secretário de Governo de Parauapebas, Keniston Braga (foto), publicado em seu próprio blog abordando a questão da falta de representatividade política como obstáculo a impedir o pleno desenvolvimento da região Sul/Sudeste do Pará.

“Nenhuma comunidade consegue se desenvolver sem representatividade política”, diz Keniston em seu oportuno artigo, cujo tema já foi abordado aqui também pelo blogueiro, que ficou de dar continuidade ao assunto às vésperas de mais uma eleição na qual teremos a oportunidade de trabalhar para eleger deputados federais por Marabá e Parauapebas, principalmente.

Eu seu post, Braga lembra dos avanços conquistados em eleições passadas quando a região conseguiu colocar em Brasília deputados federais que arrancaram recursos em favor de nossas comunidades, comparando aquele tempo com a decepção atual de não elegermos nenhum representante federal.

O texto de Keniston Braga merece a atenção de nossas populações, para que possam refletir da necessidade urgente de voltarmos a ter representantes na câmara alta.

O excelente Blog do Keniston tem levantado questões importantes a respeito do que fazer para que os municípios regionais encontrem seu pleno desenvolvimento.

Para ler o texto, CLIQUE AQUI.