Hiroshi Bogéa On line

Postura e SDU ignoram apropriação de espaço público

 

 

Leitor assíduo do blog, aqui denominado apenas de  “Barroso”,  aparece sempre colaborando com informações de cocheira.  Muitos dos posts aqui publicados levam a assinatura anônima do querido colaborador.

“Barroso”  é fonte segura do blog, daquelas que a gente pode usar a informação sem medo de barrigada.

No final de semana, o colaborador enviou foto, comprovando a ação criminosa de um morador da rua Minas Gerais, que está invadindo domínios públicos para espraiar o tamanho de seu imóvel.

O grileiro urbano aproveita a calmaria (e ausência de fiscalização) dos finais de seana, para construir um muro em plena via pública.

A foto mostra o tamanho da barbaridade, que já se prolonga por longos dias.

E a secretaria de Obras, nem aí pro barato.

A foto veio acompanhada de uma nota do querido leitor:

 

 

Hiroshi, acabo de te enviar, via celular, a foto de uma apropriação de espaço público, na av. Minas Gerais com rua Amapá. Para evitar fiscalização, se é que ela existe, eles trabalham nos fins de semana. Tá lá pra quem quiser ver. Amanhã, sábado, eles reiniciam. Ai prevalece a teoria dos fatos consumados. Ninguém derruba! E ela acaba de completar CEM anos!  E a sec. de Obras não viu, ou não quis ver.

Morador invade espaço público aos finais de semana
Morador invade espaço público aos finais de semana

 

———————-

Atualização às 07:59 (29/05)

 

O título deste post foi alterado por erro de origem, quando citava a Secretaria de Obras como responsável pela fiscalização das obras no município. A função, em verdade, é da alçada da SDU e do Setor de Postura.

Post de 

7 Comentários

  1. João Salame

    29 de maio de 2013 - 03:48 - 3:48
    Reply

    É bom lembrar que na atual gestão dois funcionários concursados já foram presos em flagrante. um por receber propina e outro por roubo de combustíveis. A atual gestão não será conivente com qualquer transgressão à Lei. Mas é claro que não se muda uma cultura de décadas em alguns meses e muito menos sem o apoio da sociedade.

  2. João Salame

    29 de maio de 2013 - 03:47 - 3:47
    Reply

    Tomei conhecimento ontem dessa denúncia e já determinei que as providências legais sejam tomadas. A responsabilidade não é da secretaria de Obras, mas do SDU e do Setor de Posturas, que já foram acionados e estão tomando providências

  3. ana

    28 de maio de 2013 - 19:11 - 19:11
    Reply

    Ei meu amigo e o clube do sindecomar que levantou um muro tomando mais de 40metros da rua sao marcos aqui no sao felix 1 e ninguem faz nada.E eles ainda jogam agua de 2 piscinas na nossa rua,a agua ta abrindo buracos n rua alagando a porta da minha e de outra casa o mato e os pernilongos só aumentando,inclusive com foco de dengo.Ja denunciei por escrito na sec de obras e na imprensa os moradores jà fizeram abaixo assinado e nunca fizeram nada pra resolver. Marabá é terra sem leis,vou eu fazer uma calçada na rua pra ver se a sec de postura nao me manda tirar. Tenho provas de tudo que estou dizendo

  4. Agora sim!

    28 de maio de 2013 - 09:36 - 9:36
    Reply

    Hiroshi, tem uma obra na avenida principal do Amapá, na Av. Espírito Santo, logo atrás da UPA que teve suas obras iniciadas.

    A obra está com o andamento adiantado, e provavelmente sem nenhuma licença ou alvará, e inclusive derrubaram o mura da noite para o dia, e tomaram uma parte das ruas laterais, colocando tapumes de zinco a 1 metro a frente.

    Essa obra é de oftamologista que está construindo sua clinica.

    Cadê a Secretária de Obras para fiscalizar a obra.

    • Hiroshi Bogéa

      28 de maio de 2013 - 13:50 - 13:50
      Reply

      “Agora Sim”, registra uma foto da obra e manda para o meu emeio: hiroshyb@gmail.com

      A propósito, faço apelo aos leitores: onde identificarem obras fora dos padrões, enviem comentários com fotos, para publicação. Vamos ajudar a fiscalizar essas indecências.

  5. Francisco Alves

    28 de maio de 2013 - 08:48 - 8:48
    Reply

    Concordo com você Anonimo, pois semana passada fiz uma denuncia com relação a um parque de diversão que se encontra as margens da Rod.
    Transamazônica – Vila São José, informei as autoridades e tambem ao Blog do nosso Colega Hiroshi, mas nada foi feito, nem bombeiro, PMM compareceu ao local, só sei dizer que o cara não paga nada de imposto, coloca em risco a vida das nossas crianças e parece que as autoridades responsáveis não estão nem ai. Agora se acontecer alguma coisa eu serei o primeiro a ” sentar a ripa” nessa galera, pode ter certeza disso.

  6. Anônimo

    27 de maio de 2013 - 08:34 - 8:34
    Reply

    O que ele está fazendo é apenas seguir uma prática que já acontece há anos em Marabá, sob o olhar omisso do poder público municipal. No bairro Novo Horiozonte, na rua Araguaia, quase todos os moradores já invadiram a calçada. Isso está se transforando numa cultura e o poder público já não pode fazer mais nada. Marabá é uma cidade desprovida de autoridades, onde cada um faz a sua própria lei.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *