Sebastião Miranda volta atrás. Ele vai mesmo para a Secretaria de Obras

Publicado em 29 de dezembro de 2010

Sebastião Miranda (PTB) não resistiu a duas horas de troca de prosa com Simão Jatene (PSDB).

Dissão “sim” ao convite para ocupar a Secretaria de Obras, cargo que ele estava vendo como pura compensação por não ter ido para a Secretaria de Transportes, dedicada ao PMDB de Jader Barbalho.

O nome dele estará na lista de novos secretários a ser liberada pelo governador eleito, juntamente com o de Adenauer Góes (Paratur) e Mário Moreira (Adepará).

Marabá é quem sai perdendo.

Perde dois deputados.

Um federal, Asdrubal Bentes, confirmado na Secretaria de Pesca; e um estadual, o próprio Tião Miranda.

A troca de mandatos por cargos em secretarias é uma prática saudável para a democracia?

Os eleitores não estãos sendo enganados, com toda essa movimentação que visa atender exclusivamente interesses pessoais e partidários?