Hiroshi Bogéa On line

Se mal perguto…

Durante ato de assinatura do decreto que estipula altas multas a quem promover derrubadas, a ministra do Meio Ambiente Marina Silva, diante do presidente Lula, disse textualmente que “o aumento do desmatamento da Amazônia (cresceu 10% nos últimos quatro meses) deve ser considerado um castigo”.

Um castigo, acrescente-se, proveniente das ações incompetentes do próprio Ministério do Meio Ambiente comandado pela acreana, que mexe aqui, mexe acolá -, e tudo continua como dantes. Ou pior. Os números dela comprovam. Silva não consegue estabelecer efetivamente uma política preservacionista capaz de evitar danos ao meio ambiente sem desestruturar o setor produtivo.
Não aceitamos de forma alguma a forma predatória com que alguns teimam trabalhar na Amazônia. Da mesma forma, consideramos crime paralisar todos os segmentos de produção como está ocorrendo em alguma regiões, em nome de uma sustentabilidade que o governo não consegue estabelecer.

Não está na hora de Lula fazer um balanço desses anos de Marina Silva à frente do MMA?

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *