Saúde pública exposta

Publicado em 1 de outubro de 2007

Ministério Público do Estado, secretarias municipais de Saúde, Agricultura e Meio Ambiente decidiram suspender as ações do município referentes à fiscalização de carne bovina nos açougues de Marabá, em razão de decisão judicial.
Segundo o secretário municipal de Agricultura, Rubens Borges Sampaio, os promotores ligados à questão da carne bovina consideraram absurda a decisão da juíza Maria Aldecy de Souza Pissolati, porém não há outra saída além de cumprir o mandado de segurança, enquanto a outra parte não requerer contestação. Com esse objetivo, o procurador geral da Prefeitura, Carlos Nunes, encontra-se em Belém ajuizando recurso contra a medida de Aldecy em favor dos matadouros clandestinos.

Fonte: Assessoria de Comunicação PMM