Saúde bucal treina monitores

Publicado em 18 de abril de 2011

 

Para cumprir o disposto na Lei nº 11.889, de 24 de dezembro de 2008, uma parceria entre Governo do Estado e prefeituras abrangidas pela 11ª Regional de Proteção Social concluiu  curso de formação de auxiliares em Saúde Bucal para os consultórios públicos de odontologia. O extenso treinamento de 15 meses, 1.690 h/aulas, foi ministrado pela odontóloga Marlene Oliveira, no auditório Eduardo Bezerra, da Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a odontóloga, o auxiliar em Saúde Bucal está preparado a colaborar nos procedimentos odontológicos, de acordo com orientações do cirurgião dentista. Dentre as tarefas que esse profissional pode executar estão a manipulação materiais de uso odontológico; organizar e executar atividades de higiene bucal; processar filme radiográfico; preparar o paciente para o atendimento; auxiliar e instrumentar os profissionais nas intervenções clínicas, inclusive em ambientes hospitalares.

Ele está apto ainda a selecionar moldeiras; preparar modelos em gesso; registrar dados e participar da análise das informações relacionadas ao controle administrativo em saúde bucal; executar limpeza, assepsia, desinfecção e esterilização dos instrumentos odontológicos, equipamentos odontológicos e do ambiente de trabalho; realizar o acolhimento do paciente nos serviços de saúde bucal; aplicar medidas de biossegurança no armazenamento, transporte, manuseio e descarte de produtos e resíduos odontológicos; desenvolver ações de promoção da saúde e prevenção de riscos ambientais e sanitários.