Hiroshi Bogéa On line

São João do Araguaia: a emoção de curtir o verão em praias do Tocantins e Araguaia

Situado  no estuário dos rios Tocantins e Araguaia,  na divisa com os Estados do Pará, Maranhão e Tocantins – São João do Araguaia é um importante município que emana apelo turístico graças as belezas naturais que o circundam.

Excelente  opção para quem deseja aproveitar as últimas semanas do mês de julho, as praias que povoam a confluência dos dois rios são muito procuradas por turistas, especialmente entre os meses de julho e outubro, quando as águas do rio baixam e surgem os famosos bancos de areia.

O lugar é ideal para a prática de camping, seja nas praias dos rios Araguaia e Tocantins ou em ilhas da região.

Mostramos aqui, dia 16 de julho,  a praia do Caju Amigo, corredeiras e pedrais localizados em frente à sede do município.

Hoje, conheceremos as praias Jatobá e Murici Grande e Jeronço.

As praias de água doce dos rios Araguaia e Tocantins atraem turistas de diversas localidades.

O local  é considerado uma das principais atrações turísticas da região Sudeste do Estado.

Quem visita o município, que tem sua sede num lugar bucólico, encontra várias opções de lazer dentro e fora da água em meio aos acampamentos e  embarcações.

Dentre praias mais frequentadas, além da  Caju Amigo que foi  mostrada no primeiro post, o destino mais procurado são as praias do Jatobá e Murici Grande.

O lugar mais perto para se chegar nesses dois balneários é a Vila de Apinajés, uma minúscula comunidade de tradição secular, habitada por pescadores, que fica localizada  na embocadura do rio Araguaia.

Na comunidade, à beira de uma perna do Araguaia que desce serpenteando ilhas, o visitante encontra diversas embarcações para alugar ou pagar passagem com destino às praias.

Para se chegar a Apinajés, duas opções.

Pela Rodovia Transamazônica, na bifurcação do Entroncamento que liga à São Domingos do Araguaia, tem uma estrada vicinal que leva à sede do município numa extensão de 12 km, passando pela vila.

Da Transamazônica até Apinajés, por essa estrada, o visitante anda apenas 6 km.

Quem se encontra em São João do Araguaia, pode pegar a mesma estrada vicinal, viajando em sentido contrário, até Apinajés, também percorrendo 6 km.

PRAIA DO JATOBÁ

A primeira praia à vista é a do Jatobá (foto abaixo), que se estende a partir de um “furo” (braço de rio) do Araguaia, nas proximidades de Apinajés, até as imediações da praia Murici Grande.

A praia não oferece nenhuma estrutura de atendimento ao banhista, tipo barracas de comercialização de alimentos e bebidas.

Todos que a frequentam costumam construir palhoças para instalação de acampamentos.

Há casos de grupos de pessoas permanecerem no mínimo quinze dias acampados, curtindo as belezas do rio.

PRAIA MURICI GRANDE

Subindo o rio, sentido nascente, outra praia que desponta logo após a Jatobá é a Praia Murici Grande, considerada a “melhor”.

Ninguém sabe porque seus frequentadores a denominam como preferencial se a vizinha Jatobá segue as mesmas características.

 

 

Na verdade, não há como denominar uma praia melhor do que a outra.

O que vale medir no Araguaia é a intensidade natural de suas belezas, encontradas a cada olhar.

É na ponta superior da Praia Murici Grande que  o rio Araguaia deságua no Tocantins.

A diferenciação da cor dos dois rios pode ser vista exatamente no meio do manancial de águas, onde os dois se encontram.

PRAIA DO JERONÇO

Atravessando a confluência dos rios, chegando propriamente no Tocantins, encontra-se a Praia do Jeronço.

Esse balneário se espalha especificamente no rio Tocantins, sem receber praticamente nenhum influência do Araguaia.

É uma praia pouco frequentada, comparando o fluxo de banhistas que se dirigem aos outros três logradouros.

Mas é cheia de beleza.

E por ser pouco frequentada, é a praia ideal para quem gosta de ficar distante de amontoados.

Para quem visita o lugar pela primeira vez, a  experiência é fantástica.

Deparar com aquela imensidão de água dos dois rios encontrando-se, como num longo e infinito beijo,  e curtir o pôr-do-sol –  é simplesmente maravilhoso.

Na sede de São João do Araguaia, visitante pode usufruir da programação oficial da temporada alta organizada pela prefeitura municipal. Neste ano de 2018, o prefeito de SJA, João Neto Alves Martins , mandou implantar uma das melhores estruturas de apoio dos últimos anos, com palanque, barracas à beira do pedral, para o visitante visutlizar com tranquilidade as belezas naturais do município. (fotos abaixo)

Post de 

4 Comentários

  1. Marcos Alexandre Bernardo da Silva

    1 de abril de 2019 - 18:37 - 18:37
    Reply

    Apinagés belas praias e lazer e muita tranquilidade sem índice de violência muita liberdade pra sua família boa opção no verão

  2. Luiz Gonzaga Oliveira de Almeida

    29 de julho de 2018 - 21:32 - 21:32
    Reply

    Minha querida São João do Araguaia é mesma uma beleza rara!! Parabéns pela brilhante matéria, Hiroshi!!

  3. Apinajé

    24 de julho de 2018 - 12:55 - 12:55
    Reply

    Hiroshi aí já foi meu “quintal”,sem dúvidas um dos melhores lugares para passar os dias de preguiça.
    As praias do tocantins nesse trecho são menos frequentadas por ter uma alta incidência de arraias,talvez pela característica da água,sedimentos do seu leito,enfim,quem é da região sabe que acidentes com arrais são mais comuns no trecho anterior ao encontro das águas,propriamente onde o Tocantins ainda não encontrou com o Araguaia.
    Para quem pensa em passar uns dias por essas bandas,na minha modesta opinião,vale muito à pena,não esquecendo que a palavra de ordem é,preservar,para manter esse paraíso menos degradado possível,para que nossos filhos e netos tenha a oportunidade de desfrutar desse pedacinho do paraíso que,rotineiramente aqui no blog chamo de “principado de apinajés”,meu torrão natal, hoje ainda menor do que nos anos 60 e 70,época em que ainda existia o culto á família,respeito mútuo entre as pessoas,para se ter uma ideia,existia um local de banho diário para aqueles que gostavam de tomar no rio(hoje sabemos que é um lago)bem em frente a Apinajés,porto dos homens e porto das mulheres,divididos por uma linha imaginária,barreira física mesmo,só os arbusto(sarã e alguns pés de murici)e ninguém ficava curiando as mulheres e vice-versa.
    Me estendi porque viajei no tempo com seu post,Parabéns Hiroshi e obrigado por esse “net transporte”no tempo.
    Um abraço

  4. Marcos Alexandre Bernardo da silva

    23 de julho de 2018 - 12:15 - 12:15
    Reply

    Vila apinagés e suas praias maravilhosa

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *