Hiroshi Bogéa On line

Salame e Ítalo

Mesmo pressionado pela direção do PPS para candidatar-se a prefeito de Marabá em cumprimento à resolução nacional determinando o lançamento de candidatos em todos os municípios com mais de 100 mil eleitores, com vistas a superar a cláusula de barreira, o deputado João Salame demonstra disposição em continuar buscando entendimento para conciliar os interesses políticos dele e do vice-prefeito Ítalo Ipojucan (PDT), declaradamente pré-candidato à sucessão de Tião Miranda.
Salame e Ítalo firmaram acordo por ocasião da eleição proporcional de 2006 pelo qual o deputado estadual, caso eleito, apoiaria a candidatura do segundo, à prefeitura. Ambos integram a estrutura política de sustentação da gestão de Sebastião Miranda (PTB), que até agora tem se mantido eqüidistante do processo de sua própria sucessão, ora dando sinais de que apoiará a candidatura do peemedebista Asdrúbal Bentes e em outros momentos afagando as pretensões de Salame e de seu vice-prefeito. Há quem diga até que Tião teria outro nome no bolso da camisa para apresentar em momento oportuno.
Amigos de longas datas, Ítalo e o deputado estadual conversaram recentemente, definindo que quem estiver situado melhor nas pesquisas, no inicio do ano, será apoiado pelo outro – desde que tenha a concordância do grupo e do prefeito.
Semana passada, em rápida conversa como o blogger, João Salame disse considerar prioritária, no momento, a pré-candidatura de Ítalo Ipojucan.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *