Salame consegue R$ 100 milhões em emendas de bancada para infraestrutura de Marabá

Publicado em 11 de dezembro de 2012

 

 

Pela primeira vez em toda a história política do município, Marabá será contemplado  com R$ 100 milhões  para obras de infraestrutura, através de recursos oriundos de emendas de bancada.

Pelo menos  é esse o valor que foi incluído no Orçamento da União,  graças a intervenção do prefeito eleito João Salame, durante reunião com  deputados e senadores do Pará, em Brasília.

Nos anos anteriores, as emendas de bancada eram distribuídas entre Belém, Ananindeua e Santarém. Esse ano, Salame  conseguiu que Marabá fosse incluída nessa partilha.

Uma grande vitória.

Prova de que Marabá necessitava de uma pessoa articulada, liderando os interesses maiores de sua população junto aos representantes legislativos.

Em pouco mais de dois meses depois de ter sido eleito prefeito, Salame tem comprovado sua capacidade de liderança em diversas frentes, sempre tocando em temas que mexem diretamente com a vida dos marabaenses.

Foi assim quando pediu reunião com empresários para tratar de ações voltadas à geração de emprego.

No momento em que liderou encontro com setores de segurança, discutindo a questão do Disque Denúncia.

Falando grosso com a Vale quando soube que o projeto de  construção de uma nova ponte sobre o rio Tocantins prevê apenas o eixo ferroviário, sem contemplar a travessia de carros.

Agora, em Brasília, João convenceu a bancada de parlamentares da importância de destinar R$ 100 milhões para obras de infraestrutura, além de aberto o debate para que a bancada olhe com carinho a possibilidade de alocar recursos para a pavimentação da Estrada do Rio Preto, denominada agora BR 222, depois de federalizada.

O vídeo  a seguir mostra trechos da  intervenção que  o prefeito fez  na reunião da bancada federal, em Brasília.