Hiroshi Bogéa On line

Salame avança na negociação com sindicatos para pagar salários atrasados

 

 

Dando o tom de como vai conduzir seu governo, o prefeito João Salame deixou claro na reunião que teve com as coordenações dos sindicatos dos servidores Educação (Sintepp), Saúde (Sintesp) e do Município (Servimar)   – foto -,  que não vai permitir a farra de contrações de comissionados e que cortará na própria carne, se necessário, para equacionar as contas da prefeitura e manter a governabilidade. Ele garantiu aos sindicatos  o pagamento dos  salários atrasados e também o vale alimentação, mas ressaltou que vai fazer isso de forma escalonada para que não haja o engessamento da máquina e áreas essenciais sejam prejudicadas, como a saúde.

Salame (1)

O prefeito pediu aos sindicalistas que ajudem nesse momento, ressaltando que atitudes radicais podem comprometer a funcionalidade, se reportando a discussão quanto às ações judiciais que os sindicatos entraram pedindo o bloqueio das contas da prefeitura ainda na gestão passada. Ele observou que à época a atitude era necessária porque não havia qualquer manifestação do governo, coisa bem diferente de hoje quando há, de sua parte, todo o interesse em sanar os problemas.

“Sou aberto ao diálogo e quero resolver, junto com vocês, esses problemas. Por isso, peço que avaliem essa situação”, ressaltou Salame ante a informação dos sindicatos que a decisão da Justiça sobre o bloqueio pode sair a qualquer momento.

No geral, os sindicalistas entendem que a dívida deixada pela gestão passada é grande. Só com servidores somam quase R$ 50 milhões. Algumas situações requerem uma solução mais imediata, como é o caso do vale transporte. É que alguns servidores já estão faltando serviço porque não têm como se locomover.

Em comum acordo com os sindicatos ficou definido a liberação de uma parcela do benefício nesta quinta-feira, já que existem duas atrasadas. No caso do vale alimentação, que já são oito meses atrasados, o prefeito sugeriu e todos concordaram que se faça uma parceria com os supermercados para liberar crédito aos servidores, dando preferência aos cargos de ensino fundamental e médio, que ganham menos.

Quanto a Educação, ele garante que pagará já o mês de janeiro até o dia 20 e, que se os recursos que entrarem esse mês nas contas da prefeitura forem suficientes, ele pagará também o mês de dezembro.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima segunda-feira, dia 14, para que seja discutido com mais detalhes, já com base nos números da arrecadação municipal, uma vez que os maiores volumes de recursos entram nas contas da prefeitura no dia 10 de cada mês.

Ele informou ainda que até quarta-feira estará emitindo decreto suspendendo todos os patrocínios e convênios, por um período de 6 meses. João Salame adiantou também que vai criar um fundo para se prevenir contra os efeitos da enchente e criar um fundo de reserva de 1/12 mensal para garantir o pagamento do 13º salário dos servidores.

Post de 

4 Comentários

  1. Rodolfo Amoury Jr.

    12 de janeiro de 2013 - 21:42 - 21:42
    Reply

    Caro Hiroshi,

    Não esqueça da presença do Sindmepa (Sindicato dos Médicos do Pará).
    Marabá já tem representantes dos Médicos nas mesas de negociações a partir deste ano. Algo que antes não existia.

    Nossos agradecimentos pela sua bela cobertura da situação e parabéns pelo seu Blog.

    • Hiroshi Bogéa

      12 de janeiro de 2013 - 21:48 - 21:48
      Reply

      Rodoldo, você tem toda razão. A presença do Sindmepa deve ser registrada. Um lapso aqui do poster, mas corrido pela sua observação. Abraços, querido.

  2. catiane

    12 de janeiro de 2013 - 13:24 - 13:24
    Reply

    Olá Hiroshi sei q vc está “por dentro” das ações que o salame pretende fazer para tirar Marabá do Burraco, então gostaria de se tem algo pensado sobre arrecadação do IPTU, seria bom se ele fizesse uma campanha de parcelamento e tirasse juro de atrasado, para facilitar pra nós honrarmos a divida, pois recebendo meus vencimentos atrasados ficou dificil fazer isso já q tinha que pagar juros em outras c atraso.. espero q ele faça isso e q meu pagamaneto já esteja em dia para eu poder aproveitar e ajudar Marabá a sair dessa situação… CAMPANHA PARA PAGAMENTO DO IPTU… GANHA O CONTRIBUINTE E A CIDADE..

  3. Bom senso

    8 de janeiro de 2013 - 16:43 - 16:43
    Reply

    E muito triste saber que maraba encontra-se nessa situacao, moro em maraba desde 1979, nao me recordo de uma historia dessa sobre nosso municipio. maldito prefeito Maurino Magalhaes, que nao se apague da memoria do povo, pra que nao se eleja mais nem pra fiscal de associacao de bairro.
    Quanto ao Exmº Prefeito é bom que se documente toda essa situacao, para amanha quando as coisas melhorar o povo nao esqueca de dar o merito ao Srº. João Salame.
    No qual faco questão de declarar que sinto muita confianca no seu governo, peco aos vereadores que esquecam as diferencas partidareas e que se unam com um proposito unico de melhorar maraba, terra boa de se viver e que como todos que aqui moram escolhi para criar minha familia. assim como meus pais decidiu!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *