Hiroshi Bogéa On line

Sai na quarta-feira primeiros pagamentos de plantões médicos

 

Após um ano de ajustes e austeridade, a Prefeitura vai iniciar nesta quarta-feira (19), o pagamento do primeiro grupo de médicos plantonistas do sistema municipal de saúde de Marabá. Fruto de negociações com a categoria, que teve acesso ao saldo do município, a oferta de pagamento foi aceita pelos profissionais da saúde após uma reunião com o prefeito João Salame na semana que passou.

No total, 525 servidores ainda estão com o pagamento de plantões em atraso. Ao todo, o Município deve R$ 3,9 milhões em plantões não pagos pela gestão anterior. Nesta quarta-feira serão pagos 293 servidores, que representam 56% do total. O valor destinado a esses profissionais chega a R$ 265 mil e o pagamento será realizado em parcela única. Em seguida receberá um segundo grupo de 66 profissionais, que correspondem a 13% do total. Com esse último grupo o débito será quitado em dois pagamentos mensais.

Os dois primeiros grupos correspondem aos servidores que vão receber até R$ 5 mil. Os demais servidores, que correspondem a 31% no total, receberam a partir de maio o pagamento em até 16 parcelas.

“Esse foi um compromisso de campanha e continuamos pagando dívidas com o funcionalismo público, deixadas pela administração anterior. Com diálogo e compreensão, conseguimos realmente chegar a um acordo satisfatório”, disse o prefeito João Salame.

Post de 

2 Comentários

  1. Func.público

    18 de fevereiro de 2014 - 11:55 - 11:55
    Reply

    Uma perguntinha,porque que a prefeitura(SMS)não compra logo um PONTO DIGITAL para o HMM em véz de ficar pagando plantões ou horas-extras pra servidor ficar riscando folha de ponto?A mamada é boa e os panelinhas todos desviado de suas funções se dão bem.
    Teria também que acabar com pagamentos de plantões no setor da manutenção,é só pra dormir,plantão assim eu tiro o ano todo,não faz nada dormi a noite toda e isso sem fallar nos plantões de humanização do atendimento isso é um absurdo,o enfermeiro chefe é justamente pra isso.O problema da administração pública chama-se MÁ APLICAÇÃO DOS RECURSOS PÚBLICO,gastam com coisas desnecessárias,enquanto isso faltam CADEIRAS DE RODAS,MACAS ETC…!

    • apinajé

      19 de fevereiro de 2014 - 08:50 - 8:50
      Reply

      essa “epidemia’é no país inteiro,além de competência,falta aos gestores públicos,vergonha na cara.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *