Safados ocultos

Publicado em 16 de julho de 2008

Notas publicadas na coluna do poster no Diário do Pará e aqui no blog, contando tramóias de tentativa infrutífera de derrubada do secretário José Raimundo, da Sefa, atiçaram o ódio em pessoas ligadas a Jorge Tachi (ou no próprio?), ex-diretor de Fiscalização do órgão, pegado de cuecas liderando a conspiração malfadada.

Nas ultimas horas, a caixa de comentários foi bombardeada por depreciativas notas de anônimos acusando o blogger de estar à serviço de uma banda da secretaria da Fazenda, inclusive com citação de que o mesmo receberia dinheiro de fiscais-auditores para promover a campanha.

Em primeiro lugar, a relação do poster com servidores da Sefa é quase nula. Nem o próprio secretário – a quem o poster admira pela forma decidida com que vem combatendo com habilidade a corrupção e implantando uma moderna gestão de arrecadação – o blogger o conhece pessoalmente a ponto de manter alguma conversa com o mesmo.

As notas publicadas – e nenhuma contestada – de tão verdadeiras, levaram Jorge Tachi a esvaziar as gavetas da diretoria de Fiscalização.

Contorcionismo, contorcionismo, é isso o que resta a quem tem a boca grande e não respeita seus limites de atuação à frente de uma função pública.

Quanto aos comentários de anônimos covardes que não sustentam suas “denúncias” assinando o quiprocó, todos, como sempre, na lata de lixo.