Saca rolha

Não demorou 48 horas a reação da Delegacia de Interior.

Miguel Cunha determinou abertura de inquéritos policial e administrativo para apurar atos criminosos de um escrivão e de um investigador da PC, lotados em Marabá.

Armado, o escrivão Dílson resgatou a esposa que se encontrava detida numa delegacia da cidade por prática de arruaça na orla de Marabá.

O investigador Acácio agrediu no meio da rua um rapaz, socando a cabeça da vítima contra o capô de um veículo da Polícia Militar.

Os dois policiais já estão à disposição da Polícia Civil, enquanto aguardam a conclusão dos inquéritos.

Miguel Cunha entende que os dois deveriam ser afastados de vez dos quadros da instituição.