Rumo dos ventos

Publicado em 13 de julho de 2007

Organizadores do movimento pela criação do Estado de Carajás podem mudar de estratégia na condução do processo caso percebam que o governo do Estado colocou a estrutura administrativa em Brasília para trabalhar contra a aprovação do plebiscito. Será liberada a radicalização em todos os municípios do Sul e Sudeste com efeitos perigosos, principalmente para quem não reside na região.
Essa postura de radicalização foi sempre combatida em todos as instâncias. No final da tarde de ontem, todavia, decidiu-se pela disscussão do tema depois de informações dando conta de que Ana Júlia teria optado em enfrentar o movimento com todas as armas disponíveis.