Rodovias paraenses sofrem bloqueios por seguidores de Bolsonaro

Publicado em 9 de setembro de 2021

Permanece o bloqueio de trechos de estradas federais localizadas no Pará em um manifesto feito por caminhoneiros, seguidores de Jair Bolsonaro.

O protesto  começou ontem, 8, e já paralisou dois trechos da KM 165: um deles no KM 165 em Paragominas e também no KM 353 em Santa Maria no Pará.

Na BR 316 também existe um ponto de bloqueio no KM 24, no município de Benevides.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os trechos do KM 165, em Paragominas e KM 353, em Santa Maria do Pará na BR-010, além do KM 24 da BR-316, em Benevides estão com interdições por manifestantes para trânsito de veículos de carga, mas veículos de carga perecível, carga viva, veículos de passeios e ônibus podem transitar nos dois sentidos.

Segundo informações da Frente Nacional dos Caminhoneiros e Zé Trovão, decidiram paralisar as atividades durante 72 horas a partir da última quarta-feira, 8.

Agora pela manhã desta quinta-feira, 9, o presidente da República ficou de se reunir, no Palácio do Planalto, com lideranças de caminhonheiros, para tentar demovê-los do movimento paredista.

Essa ação de Bolsonaro é tentativa de desarmar uma bomba que ele mesmo armou, ao estimular protestos de caminhoneiros em meio aos atos antidemocráticos de 7 de Setembro.