Hiroshi Bogéa On line

Revelada doença rara de Duciomar Costa

O  ex-prefeito de Belém, Duciomar Cista, preso semana passada acusado de desviar recursos da prefeitura da capital, vem sendo submetido a tratamento de saúde há vários meses, cuja doença o levou a uma cadeira de rodas (foto).
Diversas versões circulavam no Estado a respeito do diagnóstico da doença do político, mas nenhum delas em caráter oficial.
Chegou-se até a comentar em febre maculosa, ou  doença do carrapato, infecção causada pela bactéria Rickettsia rickettsii presente em carrapatos.
Somente agora, a enfermidade diagnosticada de Duciomar é revelada.
O ex-prefeito sofre de esclerose lateral amiotrófica(ELA),  “doença neurodegenerativa e fatal, provocada pela degeneração progressiva no primeiro neurônio motor superior no cérebro e no segundo neurônio motor inferior na medula espinhal”, conforme revelou a jornalista Franssinete Florenzano.
Em seu blog, Franss adianta que a doença” é relativamente rara (são registrados um ou dois casos em cada cem mil pessoas por ano, no mundo), e acomete mais os homens do que as mulheres, a partir dos 45/50 anos. Apesar das limitações progressivas impostas pela evolução da doença, o paciente preserva a capacidade intelectual e cognitiva.”
O sintoma da doença, conta a jornalista, “é a fraqueza muscular, acompanhada de endurecimento dos músculos (esclerose), inicialmente num dos lados do corpo (lateral) e atrofia muscular (amiotrófica), mas existem outros: cãibras, tremor muscular, reflexos vivos, espasmos e perda da sensibilidade. O tratamento é multidisciplinar, sob a supervisão de um médico e requer acompanhamento de fonoaudiólogos, fisioterapeutas e nutricionistas.”
Segundo Franssinete, “os experimentos em curso com animais apontam a terapia gênica como forma não só de retardar a evolução, como possibilidade de reverter o quadro. Em alguns casos, a pessoa vive muitos anos e bem. Recentemente, foi aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, um novo medicamento, com efeitos colaterais como reações alérgicas, cefaleia, lesões na pele e problemas respiratórios, por exemplo. No Brasil, esse remédio não está disponível e seu preço será ser outro efeito adverso para os brasileiros.”
Post de 

4 Comentários

  1. Alan

    5 de março de 2019 - 17:11 - 17:11
    Reply

    É a mesma doença que acometeu o brilhante físico Stephen Hawking.

  2. Sollim Neto

    26 de setembro de 2018 - 00:57 - 0:57
    Reply

    è a lei do retorno, roubou milhoes do reais de recursos publicos, matando diretamente milhares de pessoas por falta de atendimento medicos, falta de remedios, exames , tratamentos etc….

  3. eduardo Souza

    10 de maio de 2018 - 00:18 - 0:18
    Reply

    Espero que o ex prefeito de Belém saiba trabalhar mentalmente com essa afecção,e seguir em frente em sua vida.

  4. eduardo

    10 de maio de 2018 - 00:15 - 0:15
    Reply

    È uma doença neurológica que consome a pessoa lentamente.Que o ex -senador siba lhe dar cm ela da melhor maneira possível.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *