Hiroshi Bogéa On line

Retrato na parede

Ao centro, Hamilton Bezerra. À esquerda, Adelina Braglia.

Ex-prefeito e vice de Marabá, em 1985.

Os dois foram eleitos depois do município passar quase duas décadas sob Área de Segurança Nacional, sem o direito de eleger, pelo voto popular, seus mandatários.

Prefeitos, os chamados “Pró-têmpores”, era nomeados pelo Presidente da República, atendendo indicação do chefe político de plantão.

A foto tem forte significado histórico.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    13 de março de 2010 - 00:17 - 0:17
    Reply

    Em sentença publicada dia 03/02 no Diário da Justiça, o juiz Cristiano Magalhães Gomes, da 5ª Vara Penal de Marabá, condenou o ex-prefeito Hamilton Bezerra (1986/1988) a cinco anos e dez meses de reclusão em regime fechado e inabilitou-o pelo prazo de cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, sem prejuízo da reparação civil do dano causado ao patrimônio público. Na decisão, o juiz diz ter informações nos autos de que Bezerra “acha-se preso em São Paulo” e pede ao juiz de execuções penais daquele Estado “providências à polícia judiciária ou agentes penitenciários realizem o transporte do preso ao Centro de Recuperação para cumprimento da pena, se necessário”.
    Acontece que Bezerra não está preso nem se encontra no Brasil, aonde só vem de férias ou a negócios.

    Fonte : O Quaradouro

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *