Repórter ameaçado

Publicado em 4 de janeiro de 2007

Na matéria publicada no DIÁRIO, os leitores ficaram sabendo que o correspondente Idelson Gomes escapou da fúria sindicalista, depois de ter sido caçado pelas ruas da cidade. Os “sofridos” educadores simplesmente queriam impedir que o repórter, depois de ter feito a cobertura da manifestação pública do Sintepp, ouvisse a versão do prefeito sobre as razões da onda de protestos.
Realmente, como diz o Sintepp, “fica difícil ser razoável”.