Rejeitado pedido de cassação em sindicato

Publicado em 7 de junho de 2011

 

A briga intestina entre diretores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Domingos do Araguaia ainda promete outros lances não menos belicosos.

A Assembleia Geral Extraordinária convocada  para debater prestação de contas e a tentativa de votação da perda de mandatos do presidente Raimundo Almeida da Silva e do tesoureiro, Antonio Almeida Sobrinho (tesoureiro), desestabilizou os objetivos de sua convocação.

Por unanimidade, os conselheiros rejeitaram a cassação dos mandatos, e ainda concederam prazo de 120 dias para a diretoria do sindicato apresentar prestação de contas.

Os principais responsáveis pelo pedido da AGE, Josefa Sousa e Luis Silva, abandonaram a reunião antes de seu final.