Regularização fundiária avança em Marabá

Publicado em 20 de março de 2012

 

 

Em quinze dias, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano distribuiu quase cinco mil  títulos de imóveis a moradores de área inseridas no programa  de regularização fundiária . É um volume extraordinário de legalização de propriedades, e um alento às camadas menos favorecidas do município, sempre tratadas à revelia pelo poder público – e sem ter o reconhecimento legal de suas moradias.

Nesse trabalho, é preciso reconhecer os esforços que o superintendente da SDU, Miguelito Gomes, vem realizando para cumprir extensa pauta do processo de regularização que ele persegue desde quando assumiu o órgão.

Os méritos, são dele e de sua equipe, focados no cumprimento de metas.

No embalo que vai, pode até ser que o organograma traçado para legalizar imóveis não seja totalmente cumprido, mas entrará para a história como maior feito da atual gestão municipal.

O blog faz questão de registrar o fato por acompanhar de perto o trabalho realizado.

Marabá precisa, primeiro, regularizar suas áreas em litígio, para depois pensar em levar benefícios outros à população.

Tudo passa, primeiro, pela regularização fundiária urbana – e nesse quesito Miguelito nada de braçadas.

Na foto, Nagib Mutran, presidente da Câmara Municipal, e Miguelito entregam título a dona de casa em Folha da Nova Marabá.