Hiroshi Bogéa On line

Recomeçar do zero

O prefeito de Itupiranga, Benjamin Tasca (PT), inicia esta sexta-feira com a difícil missão de conseguir localizar documentos contábeis da prefeitura propositalmente extraviados pelo antecessor Adécimo Gomes, no limiar de sua desastrada gestão.

Quitar salários de servidores e colocar em dia o pagamento de fornecedores, são metas iniciais do novo prefeito. O município está quebrado.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    3 de janeiro de 2009 - 22:05 - 22:05
    Reply

    eu respondo, o MP não vai fazer nada, nadica de nada, não fez durante quatro anos quando o A10o se esbaldou, ele e sua família, e o MP ficou quetinho e mudo, dizem que o BOBs de Marabá é dele e não de sua namorada, uma médica que tem dinheiro para bancar uma franquia do BOBS de quase 500 mil reais – me ensina essa mágica!!!
    Quer saber, o MP é apenas uma sístole que dá de quando em quando, dependendo de alguns procuradores…
    Em Itupiranga quem tem que fazer alkguyma é o Benjamim que já está fazendo uma auditoria, levantando tudo, se ele fizer direitinho, o MP vai ter como fazer algo, pois já vai encontrar pronto o serviço – te cuida Tasca!!
    Itupiranguense Lascado

  2. Anonymous

    3 de janeiro de 2009 - 15:55 - 15:55
    Reply

    É queremos ver o empenho do MP neste caso. Em se tratando de Marabá, os procuradores marcaram cerrado. E Canaan? e Itupiranga? cadê o rigor da lei?

  3. Hiroshi Bogéa

    2 de janeiro de 2009 - 20:29 - 20:29
    Reply

    Boa pergunta. O que vai fazer?

  4. Anonymous

    2 de janeiro de 2009 - 20:05 - 20:05
    Reply

    O q o Ministério Público vai fazer?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *